Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

491 em 22/3/2019  

Vale do Jaguaribe é desvatado pela violência sem controle. Neste ano, já foram registrados 92 assassinatos

Segunda-Feira 9.5.2016 014

Execuções sumárias desafiam autoridades policiais da região

A violência continua a desafiar as autoridades da Segurança Pública do Vale do Jaguaribe. Nas últimas 48 horas, pelo menos, mais dois assassinatos foram registrados naquela região, além de casos de confrontos entre bandidos e a Polícia, assaltos e “arrastões”. Entre janeiro e maio, já são, pelo menos, 92 casos de homicídios nos Municípios que compõem aquela zona.

Na tarde de ontem, um violento confronto armado entre policiais militares e criminosos na zona rural do Município de Tabuleiro do Norte (216Km de Fortaleza), resultou na morte de um bandido ainda não identificado. Outros conseguiram fugir e ainda estão sendo caçados.

O tiroteio ocorreu na localidade denominada de Currais, onde, conforme informações chegadas à Polícia, estaria escondida uma quadrilha interestadual envolvida em crimes de assaltos e tráfico de drogas na Chapada do Apodi, na divisa entre o Ceará e o Rio Grande do Norte.  Logo, a PM montou uma operação e se deslocou até lá.

A chegada dos militares ao Sítio Currais foi  marcada pela reação dos bandidos que passaram a tirar de dentro de uma cabana dentro do matagal. Ali perto estava um carro usado pelo bando, um Renault Logan, preto, de placa  OJZ-1256, inscrição de Parnamirim (RN).

Armas

Na troca de tiros, um dos criminosos acabou sendo baleado e socorrido ao Hospital Municipal de Tabuleiro do Norte, onde faleceu.  Contudo, o bandido não portava nenhum documento e permanece sem identificação. Seu corpo foi encaminhado ao Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), de Russas.  Com ele, foi encontrada uma pistola de calibre Ponto 40 (.40) e cerca de 20 munições.

Já dentro da cabana que servia de esconderijo para o bando, os militares encontraram  um revólver de calibre 38, munições e vários aparelhos celulares, além de várias mochilas, peças de roupas e uma balaclava.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar