Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.134 em 21/6/2019  

Blitz na porta de Quartel termina em confusão e prisão entre militares do Exército, agentes da AMC e policiais do BPRE

 

Quinta 2.6.2016 B 052

Momento em que agente da AMC é detida pelos militares do Exército e levada para dentro do Quartel

 

 

Um incidente envolvendo agentes da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), policiais do Batalhão de Policiamento Rodoviário estadual (BPRE) e  militares do Exército Brasileiro (EB) aconteceu na noite de ontem, em Fortaleza. A confusão se estabeleceu quando os agentes e PMs  decidiram montaram uma blitz  na Avenida Marechal Bittencourt, no bairro Dias Macedo, em frente ao portão principal do Quartel do 10º Depósito de Suprimento do Exército.

Quando os policiais militares e agentes iniciavam a blitz volante, com várias viaturas a colocação de cones sinalizadores na via, para montar o bloqueio, os soldados que estavam como sentinelas na guarda do Quartel foram até lá pedir que a blitz fosse transferida para outro trecho da avenida, já que o entorno da unidade militar é considerada área de segurança federal.

Não houve acordo. Os sentinelas do Quartel então pediram a presença de oficiais. Primeiro apareceu o oficial de dia, que tentou diálogo com os agentes e PMs, mas não teve sucesso. A confusão que se estabeleceu atraiu muitos curiosos, que passaram a usar seus celulares para filmar as cenas do incidente.

Em meio ao bate-boca, um oficial do Exército  deu voz de prisão a uma agente da AMC, identificada apenas por Jeane, que foi conduzida à força para dentro do Quartel, supostamente, por desacato à autoridade. A confusão aumentou e foi parar na delegacia de plantão na área, o 8º DP (José Walter), onde foram feitos procedimentos.

Nenhum dos órgãos ainda se manifestou oficialmente sobre o caso. 

Comentários   

 
+1 #1 Ezequias 05-08-2016 11:50
Houve época em que o exército era mais respeitado e essa ousada provocação e desrespeito teria a força militar sobre eles e ninguém poderia contestar. Sou a favor que se mantenha a ordem, principalmente no "meu quintal", Isso tudo é o reflexo da desconceituação e desvalorização das FFAA pelos nossos governantes.Qua isquer paisanos se acham no direito de afrontar nossos milicos,infeliz mente.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

z1
 
 
Jornalista
Fernando Ribeiro
Bem-vindos ao blog, espaço destinado a matérias sempre atualizadas sobre Fortaleza e o Estado do Ceará
 
icon (85) 9 8826.7143

Compartilhe conteúdo

 

12f

 

zz1