Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro Mortes no Ceará 2017

4.004
Atualizado em 20/10/2017

Balanço parcial aponta 41 mortes violentas no fim de semana. Entre as vítimas, um PM assassinado

PM morto foto dele

Soldado Francisco Leandro foi assassinado, a tiros, dentro de um carro, na Avenida Francisco Sá

VEJA VÍDEO DO ATAQUE DOS CRIMINOSOS AO PM NA AV. FRANCISCO SÁ:

O primeiro balanço parcial indica que, ao menos, 41 pessoas tiveram morte violenta no Ceará durante o fim de semana. A Polícia fez o registro de 35 assassinatos e mais seis mortes decorrentes de acidentes de trânsito. Entre as vítimas da violência está mais um policial militar, morto por bandidos nos primeiros minutos da madrugada do domingo (23).

Na Capital cearense  14 pessoas foram assassinadas nos seguintes bairros: Mondubim, Serrinha, Centro, Demócrito Rocha, Álvaro Weyne, Serviluz, Jardim Iracema, Maraponga, Jacarecanga, Sapiranga-Coité, Conjunto Ceará, Bom Jardim e Barra do Ceará.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), outras 12 pessoas foram mortas nos seguintes Municípios: Maracanaú (3 casos sendo dois no bairro Acaracuzinho e um no Distrito de Pajuçara), Caucaia (dois casos, em Sítio Novos e Pirapora), Pacatuba (dois casos, no Conjunto Jereissati 3e no Planalto Benjamin), Pacajus (3 casos), Maranguape (localidade Umarizeiras) e no Município de Itaitinga (na CPPL 1).

Já no Interior do Estado, foram, ao menos, nove assassinatos, sendo quatro no Setor Norte, nos Municípios de Paraipaba, Itarema, Bela Cruz  e Sobral; e cinco no Sul, nos Municípios de Iguatu, Potengi, Barbalha, Jardim e Fortim.

Policial morto

Na madrugada de domingo (24), o soldado da Polícia Militar Francisco Leandro Conceição Santana, destacado na 2ª Companhia do 8º BPM (Aldeota), foi assassinado, a tiros, no cruzamento das avenidas Francisco Sá e Padre Anchieta, no bairro Jacarecanga. Imagens captadas por câmeras instaladas no local mostram o momento em que o carro da vítima é cercado por criminosos em motocicletas.

Nas imagens é possível verificar que os tiros disparados contra o militar foram à queima-roupa. Ele ainda foi socorrido para a Emergência do Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro), mas não resistiu.

O caso está sendo investigado pela 11ª Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

z1
 
 
Jornalista
Fernando Ribeiro
Bem-vindos ao blog, espaço destinado a matérias sempre atualizadas sobre Fortaleza e o Estado do Ceará
 
icon (85) 9 8826.7143

Compartilhe conteúdo

 

12f

 

zz1