Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

4.584 em 10/12/2018  

Guarda Municipal de Fortaleza passa a atuar com armas de fogo na prevenção e combate a violência

Guarda 4

A solenidade foi presidida pelo vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan, na manhã desta sexta-feira

Guarda 2

As pistolas já foram documentadas e entregues aos guardas na manhã de hoje 

A Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) passa a ter seus homens atuando armados no trabalho diário de prevenção e combate à violência. Na manhã desta sexta-feira (30) uma solenidade foi realizada na sede da Secretaria Municipal de Segurança Cidadão (Sesec), em Messejana, para marcar o ato histórico na corporação .

Após passarem por um rigoroso processo de seleção e treinamento, com a supervisão da Polícia Federal, os guardas municipais receberam, nesta manhã, os devidos portes de armas que vão possibilitar aos agentes portarem o arsenal em suas atividades. A prioridade será para os guardas que atuam no Programa Municipal de Proteção Urbana, nas torres de monitoramento e patrulhamento já instaladas em quatro bairros de Fortaleza (Jangurussu, Goiabeiras, Vila Velha e Barra do Ceará). Também receberão o armamento os integrantes do Grupo de Operações Especiais (GOE).

A solenidade foi presidida pelo vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Bing Torgan, e contou com a presença de várias autoridades locais, como o secretário municipal de Segurança, Antônio Azevedo; o coordenador executivo do PMU, coronel BM Duarte Frota; além de vários representantes de corporações como Exército Brasileiro e Polícia Militar do Ceará.

A seleção e treinamento para os guardas municipais de Fortaleza foram feitas atendendo aos rígidos padrões exigidos pela Polícia Federal, que incluíram testes psicológicos, físicos, avaliação funcional e outras exigências legais. Além disso, as equipes armadas passarão, sistematicamente, por treinamento de tiro à cada seis meses.

No evento também foi apresentado parte do armamento já adquirido pela Sesec. São pistolas e espingardas (escopetas), além da munição, que serão entregues, paulatinamente, a todas as turmas de guardas que concluírem os treinamentos.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar