Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.681 em 13/9/2019  

Mistério esclarecido no Interior: Polícia encontra restos mortais de jovem assassinada e o corpo carbonizado em Aiuaba

iphone 19.7.2015 067iphone 19.7.2015 063

O assassino confesso levou os policiais ao local onde havia ocultado os restos mortais

iphone 19.7.2015 065iphone 19.7.2015 070

O que restou do corpo da vítima foi recolhido pela Perícia Forense para exames

Mais um crime brutal e misterioso é desvendado pela Polícia no Interior do Ceará. Uma jovem de 23 anos, que havia desaparecido no começo deste mês, foi assassinada, teve o corpo carbonizado e os restos mortais enterrados numa cova rasa. Toda a trama do crime e a localização do que restou do corpo da vítima foram descobertos a partir da prisão de um casal.

O crime ocorreu no Município de Aiuaba, na Região dos Inhamuns (a 458Km de Fortaleza), onde, desde o último dia 6 a família e a Polícia procuravam pela jovem identificada como Antônia Lurdielma Pereira de Oliveira. Na madrugada daquele dia ela foi vista viva pela última vez na companhia de um casal. Os três seguiam à pé, voltando para casa após terem participado de festejos religiosos na praça da Matriz de Aiuaba. Em seguida, o mistério surgiu.

Depois de vários dias de investigação, a Polícia Civil passou a interrogar o casal visto pela última vez com a mulher. Com as diversas contradições nos depoimentos dos suspeitos, o delegado regional de Polícia Civil de Tauá, Gregório Neto, decidiu pedir à Justiça a decretação da prisão preventiva de José Fernandes de Sousa Oliveira e Antônia Matilde Feitosa Ferreira.

Confissão

Na última sexta-feira (17), Fernandes decidiu “abrir” o jogo para a Polícia. Confessou que, junto com mais dois homens, assassinou Lurdielma. A mulher foi levada até o bairro Bela Vista, a cerca de dois quilômetros da cidade, e ali executada com, pelo menos, três tiros.

Em seguida, os assassinos tocaram fogo no cadáver e, para dificultar mais ainda uma possível descoberta do crime, enterraram em uma cova rasa o que restou do corpo da garota.

Ainda na sexta-feira, o casal preso levou os policiais até o local onde os restos mortais de Lurdielma haviam sido ocultados.

Os motivos do crime ainda são desconhecidos. Fernandes disse apenas que praticou o assassinato por ordem de uma pessoa que ele não revelou o nome. Antônia Matilde Feitosa permanece negando participação no homicídio seguido de tentativa de destruição e ocultação de cadáver. O caso chocou a pacata cidade de Aiuaba.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar