Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.325 em 23/7/2019  

Jovem presa acusada de ordenar assassinato em vingança pela morte do marido

Sexta 14.8 190

Uma jovem de 22 anos foi presa em flagrante, na tarde da última quinta-feira (13), sob a acusação de planejar, ordenar  e financiar um assassinato na cidade de Maranguape.  Ela teria agido por vingança e fez questão de testemunhar  um jovem ser executado a tiros. A vítima havia assassinado o esposo da mandante do crime, no ano passado.

Fabiana Moura de Sousa foi presa por agentes do Serviço Reservado (Inteligência) do 17º BPM (Maranguape)  na localidade de Tabatinga. Segundo a Polícia, ela foi a mandante do assassinato de Francisco Narcélio de Sousa Filho, morto a tiros na tarde de quarta-feira passada (12), por volta das 17 horas, no bairro Novo Parque Iracema.

Conforme testemunhas, os assassinos fugiram em um Celta vermelho onde estava uma mulher. Na manhã de quinta-feira, as equipes do Reservado do 17º BPM, sob o comando do comandante daquela unidade, tenente-coronel PM Cláudio Mendonça, prosseguiram nas investigações de campo e encontraram o carro usado pelos matadores.

O Celta vermelho, placas HXX-9325 (CE) foi localizado em Tabatinga, próximo da residência de Fabiana.  Com a prisão dela, também foram identificados, pelo menos, mais três envolvidos no crime, um deles, um irmão da jovem. Outro que teria tido participação direta no crime foi identificado como Francisco Glael, que está foragido.

Vingança

O delegado de Polícia Civil Valdir de Paula Passos, titular da Delegacia Metropolitana de Maranguape, informou que, diante das evidências e das diligências feitas de forma ininterruptas desde o momento do crime até a localização da acusada, foi lavrado o flagrante pelo crime de homicídio qualificado contra a suspeita.

Nas investigações, a Polícia descobriu que Fabiana planejou a morte de Francisco Narcélio. Ele era acusado de ter assassinado o companheiro da jovem, Francisco Antônio da Silva Félix, crime ocorrido no dia 22 de fevereiro do ano passado.

Ainda na tarde de quinta-feira, logo após ser autuada em flagrante delito, Fabiana foi transferida  para a sede da Delegacia Geral da Polícia Civil, onde vai aguardar encaminhamento para o Instituto Presídio Feminino Desembargadora Auri Moura Costa, em Aquiraz. A Polícia agora trata de prender os demais envolvidos no crime. 

Comentários   

 
-2 #1 Carlos Alberto Macie 15-08-2015 20:30
O maior de todos os crime é prender essa mulher.Vai caçar bandido delegado a ação dessa mulher foi justa,Se botarem advogado o povo deve ajudar a proteger essa grande mulher parabéns.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar