Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

Bala 'perdida' que atingiu criança no entorno da FanFest, na Praia de Iracema, teria sido disparada por gangueiros, segundo a Secretaria da Segurança Pública

Uma desavença entre gangues pode ter sido o motivo de um incidente que ocorreu já perto do fim da noite da última terça-feira (17)  após a partida Brasil x México pelo Grupo A da Copa do Mundo da Fifa 2014, em Fortaleza. O fato ocorreu por volta de 22h30, na Rua João Cordeiro, na Praia de Iracema, no entorno do local onde está sendo realizada a FanFest. Um garoto de apenas 7 anos de idade foi atingido com um tiro de raspão na clavícula e está hospitalizado. Ele e e seus familiares retornavam do evento, segundo apurou a Polícia.

Em, Nota à Imprensa,  publicada em seu site, no começo da tarde desta quarta-feira (18), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou a informação divulgada com antecipação pelo blogdofernandoribeiro.com.br de que os suspeitos do crime foram um jovem  maior de idade e um adolescente. Conforme o órgão, eles teriam disparado os tiros "em desafetos de uma gangue rival", afastando a hipótese de que a dupla estaria no entorno da FanFest praticando assaltos.

Conforme a nota, os autores dos disparos foram Marcos de Souza Alves, 19 anos; e o adolescente J.H.B.A., 16. Ambos já tinham antecedentes criminais. Contra o menor havia um mandando de apreensão judicial em aberto, por ato infracional de porte ilegal de arma. Ele responde também por assalto (roubo). Já o adulto é acusado de vários delitos. Ainda menor de idade, foi autuado em flagrante por homicidio, tráfico de drogas e sequestro-relâmpago (roubo com restrição de liberdade).

Após os tiros na Rua João Cordeiro e a bala perdida que atingiu a criança, os dois acusados tentaram fugir, mas foram capturados por policiais militares do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), que reforçam a segurança na orla marítima na Operação Copa 2014.  Ambos foram encaminhados à Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur), onde Marcos foi autuado por tentativa de homicídio. O menor, encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Marcos teria sido reconhecido como o autor dos disparos, muito embora o adolescente tenha assumido o crime.

(Leia também no blog: "Balanço do jogo Brasil x México em Fortaleza: 35 manifestantes detidos, dois mexicanos presos, quatro paulistas flagrados com ingressos falsos e uma criança baleada na Praia de Iracema")

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar