Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

952 em 23/5/2019  

RAPIDINHAS: sequestro/confronto/corpos identificados

Gerente e família são sequestrados em Fortaleza

O gerente de uma empresa de ônibus e seus familiares sofreram um sequestro entre a madrugada e a manhã desta segunda-feira, em Fortaleza. O caso foi registrado pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). Conforme informações chegadas ao conhecimento das autoridades, uma quadrilha, formada por oito homens, rendeu o gerente e sua família em sua residência, no bairro Parquelândia, ainda durante a madrugada. Pela manhã, o bando se dividiu. Cinco homens seguiram com o gerente até o seu local de trabalho, a garagem e escritório da empresa, localizada na Rua Lucas Avelino, 700, no bairro Planalto Ayrton Senna (zona Sul de Fortaleza). A outra parte do bando - três criminosos - permaneceu com os familiares da vítima na residência. Somente após o gerente abrir o escritório e retirar todo o dinheiro que estava ali e entregar aos ladrões, é que os sequestradores deixaram a casa da família. Os criminosos ainda roubaram o carro do gerente, um Fox preto de placas OHX-1006 (CE).  Até o começo da tarde, o automóvel não havia sido localizado. Várias patrulhas da Polícia Militar foram acionadas, mas os assaltantes-sequestradores não foram localizados.

Policiais e manifestantes feridos em confronto no Meireles

Três policiais do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e, pelo menos, um operário da construção civil, ficaram feridos em um confronto que ocorreu, no fim da manhã de hoje, no bairro Meireles. Em mais uma passeata pelas ruas da capital, os operários em greve tentaram chegar à Avenida Beira-Mar, mas a Tropa de Choque impediu. Em resposta, manifestantes atiraram pedras contra os PMs, que revidaram utilizando munição não-letal, como gás lacrimogêneo e balas de borracha. Um PM atingido com uma pedrada nos braços fez um Boletim de Ocorrência (B.O.) no 2º DP (Meireles) e foi submetido a exame de corpo de delito na sede da Perícia Forense (Pefoce).

Assaltantes mortos por policial são identificados

Foram identificados no necrotério da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) de Fortaleza, os corpos dos dois assaltantes que morreram numa troca de tiros com um policial militar, na tarde do último domingo. Os mortos foram identificados como Edilberto Breno da Silva e Davi Henrique Alexandre de Sousa. Os bandidos invadiram uma churrascaria e venda de fragos na Avenida Alberto Magno, no Montese, e foram repelidos pelo PM que estava de folga. Numa rápida troca de tiros, os três acabaram feridos. O militar foi levado para o IJF-Centro. Os dois assaltantes morreram no local.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar