Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.556 em 24/8/2019  

Em apenas 33 dias de 2016, 13 pessoas foram mortas por assaltantes no Ceará

PERICIA

Subiu para 13 o número de latrocínios (roubos seguidos de morte) no Ceará em apenas 34 dias de 2016. A mais recente vítima de assassinato praticada por assaltantes foi um vigilante. O profissional de segurança privada estava trabalhando numa escola indígena, em Caucaia, na região Metropolitana de Fortaleza (RMF), quando foi atacado e morto por ladrões.

O fato ocorreu no fim da manhã desta quarta-feira (3), nas dependências da Escola Marcelino Alves de Matos. O vigilante José Carlos ferreira de Almeida, 34 anos, teria reagido à abordagem dos bandidos que queriam tomar sua arma. Em resposta à atitude dele, os criminosos atiraram. Antônio teve morte imediata.

Dois suspeitos de participação no crime foram detidos pela Polícia Militar e encaminhados à Polícia Civil. Com eles, foi apreendida uma arma de fogo.  Lucas Marizete de Sousa Azevedo, 22 anos, o “Luquinha”; e Juliana  Azevêdo Silva, 23 anos, foram autuados em flagrante por latrocínio. A Polícia caça o restante da quadrilha, que fugiu do local em um veículo Celta.

Em apenas 34 dias de 2016, foram registrados no Ceará 13 latrocínios, sendo três casos na Capital (nos bairros Jardim América, Conjunto Palmeiras e Conjunto Ceará), outros três na Região Metropolitana de Fortaleza (nos Municípios de Maracanaú, dois; e Caucaia), e mais sete no Interior (nos Municípios de Paraipaba, Itarema, Jaguaretama, Morada Nova, Crato, Barreira e Tianguá).

Veja a lista das vítimas de latrocínios no Ceará em 2016:

01 – Jubiabá Lavor do Nascimento (servidor municipal) – bala (Jardim América/Capital)

02 – Claírton Araújo (estudante) – bala – (Praia da Lagoinha/Paraipaba)

03 – José Marcondes Rodrigues (vereador e empresário) – bala – (Praia de Almofala/Itarema)

04 – José Lopes da Silva (comerciante) – bala – (Comunidade Parque Tijuca/Maracanaú)

05 – Hudson Danilo de Oliveira (policial militar) – bala – (Jaguaretama)

06 – Manoel Nilton Cavalcante (comerciante) – bala – (Morada Nova)

07 – Nathan Furtado Ponte (comerciante) – bala (Conjunto Palmeiras/Capital)

08 – José Moreira Gomes (estudante) – bala (Crato)

09 – Sebastião Pereira da Silva (comerciante) – bala – (Barreira)

10 – Antônio Marcos Teixeira da Silva (comerciário) – estrangulado – (Tianguá)

11 – José Eudes da Silva Monte (policial militar) – bala – (Conjunto Ceará/Capital)

12 – Manoel  Enéas Rodrigues Júnior (vigia) – pauladas – (Maracanaú)

13 – José Carlos Ferreira de Almeida (vigilante) – bala (Caucaia) 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar