Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

315 em 19/2/2019  

Bandido que comandou chacina em favela é transferido para Fortaleza após ser preso em Sobral

Maikeira1

"Maiqueira" estava escondido no bairro Terrenos Novos, em Sobral, e foi preso no sábado de Carnaval

Já está em Fortaleza, na sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) um dos bandidos mais procurados pela Polícia cearense. Trata-se de Hélio Maike Alves de Lima, apontado como chefe de uma quadrilha do tráfico de drogas e responsável por uma chacina ocorrida no ano passado em uma favela, no bairro jardim das Oliveiras.

“Maiqueira”, como é conhecido, foi capturado na noite de sábado de Carnaval durante uma operação conjunta de policiais civis da DHHP e da Delegacia Regional de Sobral. Ele estava escondido no bairro Terrenos Novos, em Sobral (a 224Km de Fortaleza).

Tido como de altíssima periculosidade, o bandido já havia escapado de outros cercos policiais em Fortaleza, sempre enfrentando a Polícia a tiros.

Conforme as autoridades, além de ser chefe de uma organização criminosa que atua no tráfico de drogas, “Maiqueira” foi o  bandido que comandou uma chacina ocorrida em agosto do ano passado na Favela da Cinquentinha, no Jardim das Oliveiras, quando cinco pessoas foram executadas sumariamente a tiros.

O bandido seria um dos comparsas do também traficante de drogas Carlos Alexandre Alberto da Silva, o “Castor”, que também comandava execuções sumárias naquele setor de Fortaleza. Em 22 de dezembro último, o bandido foi assassinado dentro da Casa de Privação Provisória da Liberdade Um (CPPL 1), em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Ele havia sido preso numa operação da Polícia Civil apenas quatro dias antes.

Com a morte de “Castor” na cadeia, “Maiqueira” assumiu definitivamente o controle do tráfico no Jardim das Oliveiras e bairros vizinhos, como o Conjunto Tasso Jereissati e o Tancredo Neves. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar