Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2017

4.941

Atualizado em 18/12/2017  

CEARÁ PACÍFICO??? Polícia procura há seis meses bandidos que assassinaram três PMs em Quixadá

Quixadá - foragidos

Os bandidos são procurados em todo o Sertão Central, mas podem ter fugido do CearáPM em Quixadá

 

Os três militares foram atingidos por tiros de fuzil quando a viatura cruzou com os bandidos

Passados seis meses do brutal assassinato de três policiais militares em serviço no Município de Quixadá, no Sertão Central cearense (a 154Km de Fortaleza), a Polícia ainda está á procura de, pelo menos, três envolvidos no crime. Os acusados tiveram prisão preventiva decretada, mas seguem foragidos das autoridades.

Os três fugitivos são: Veridiano Rabelo Cabral Júnior, conhecido por “Júnior Veridiano”; José Massiano Ribeiro e José Nobre do Nascimento Filho, o “Zé Filho”.  Os três teriam participação direta no crime, sendo que “Júnior Veridiano” teria fornecido armas e outros apetrechos para que a quadrilha atacasse um carro-forte no Distrito de Juatama, a 23 quilômetros da cidade. Os três PMs foram mortos exatamente quando tentaram abordar os suspeitos.

Era a tarde do dia 30 de junho de 2016, quando a patrulha Força Tática de Apoio do 9º Batalhão  da PM (Quixadá) foi acionada para ir até Juatama averiguar a informação de que bandidos fortemente armados estariam circulando pela rodovia com o objetivo de atacar um carro-forte. Os policiais acabaram encontrando os suspeitos e foram imediatamente recebidos a tiros de fuzil. Os três acabaram mortos pelos suspeitos.

Execução

Era o sargento Francisco Guanabara Filho (sargento Guanabara), o cabo PM Antônio Joel de Oliveira Pinto (cabo Joel) e o soldado PM Antônio Alves Filho (soldado Alves). Os três foram atingido por tiros à queima-roupa e não tiveram nenhuma chance de defesa.

Na mesma ocorrência, os bandidos ainda roubaram outra viatura da PM e fugiram levando um casal de PMs como refém. Os militares foram libertados quilômetros depois do local onde ocorreram as mortes dos colegas de farda.

Apesar de todos os esforços  das polícias Civil e Militar, até agora os criminosos permanecem foragidos da Justiça, impunes pela morte dos três policiais militares.

Quem tiver informações sobre o paradeiro deles, deve ligar para o Tele-Denúncia 191, ou para (88) 3445.1047 (9º BPM/Quixadá). 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar