Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

"Guerra" de traficantes no Lagamar leva PM a montar operação de caça aos criminosos

Lagamar 20

Ponte divide as comunidades do Lagamar e da Aerolândia, território perigoso do tráfico 

Lagamar 1

No fim de semana, uma operação do Cotam resultou na apreensão de uma escopeta e munição 

Depois de realizar uma operação exitosa na Grande Barra do Ceará, na zona Oeste de Fortaleza, zerando os índices de assassinatos em três comunidades, a Polícia Militar está mobilizada agora em outra área da Capital. Uma “guerra” entre traficantes das comunidades do Lagamar e da Cidade de Deus tem infernizado os moradores desde o último fim de semana.

Os tiroteios se intensificaram nos últimos dias, conforme o relato dos moradores. A briga pelo domínio do território das drogas está sendo disputada a tiros nas ruas e becos das duas comunidades. Ainda no fim de semana, uma operação da PM mobilizou viaturas do Ronda do Quarteirão e do Comando Tático Motorizado (Cotam), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).

No cerco a um endereço onde estariam traficantes do Lagamar, a PM apreendeu várias armas de fogo, entre pistolas e uma escopeta de calibre 12, além de muita munição. O bandido que controlava o local conseguiu fugir,  mas já foi identificado através do Serviço de Inteligência e está sendo caçado.

“Apreendemos essas armas, mas ainda há muitas lá”, disse o tenente-coronel PM Henrique Bezerra, comandante do BPChoque. Segundo ele, as ações da Polícia estão sendo intensificadas para impedir que ocorram novos confrontos armados e pessoas da comunidade sejam atingidas pelos tiros disparados por traficantes e suas quadrilhas.

Marco Zero

No último fim de semana, as forças policiais encerraram a Operação Marco Zero realizada na área da Grande Barra do Ceará. Durante oito dias, tropas das forças especiais da PM, coordenadas pelo Comando do Policiamento Especializado (BPE) ocuparam os bairros Colônia, Pirambu, Vila Velha, Goiabeiras e Parque Leblon. O resultado foi positivo.

De acordo com o comandante do BPE, coronel PM Aginaldo Oliveira, durante os oito dias de operação foi registrado somente um crime de morte. “Foi um assassinato  no bairro Vila Velha, onde um homem foi morto dentro de casa. Isto é, numa situação onde dificilmente a Polícia evitaria o crime. Depois disso, foram oito dias de completa paz”, afirma o oficial,

Segundo ele, o fim da operação não significa a retirada completa do efetivo da área da Barra do Ceará. “Den os a resposta necessária, Fizemos a ocupação do Morro de São Tiago e do Gueto. Os bandidos desapareceram. Mas não vamos abandonar o lugar, manteremos o patrulhamento intenso com nossas forças especiais auxiliando o policiamento da área”, avisa o oficial.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar