Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

PM prende suspeito de matar advogado dentro das Lojas Americanas durante "saidinha" bancária

Saidinha Filmado

Francisco Jairo de Sousa, 21 anos, ex-presidiário, foi preso após filmado na hora do latrocínio

Economista

Paulo Sérgio Garcia, 53, havia sacado dinheiro na CEF. Acabou sendo assaltado e morto

A Polícia Militar prendeu, neste domingo (2), um suspeito de participação no assalto “saidinha” que terminou em morte dentro de uma loja, no bairro Meireles, na manhã de sábado. O advogado e economista  Paulo Sérgio Alves Garcia, 53 anos, foi atingido a tiros e teve morte imediata, enquanto os ladrões fugiam do estabelecimento. Era uma dupla armada.

Na manhã deste domingo, uma operação de policiais militares do 8º BPM (Papicu) e da Unidade Integrada de Segurança (Uniseg) da zona Leste da Capital, resultou na prisão de Francisco Jairo Sousa da Silva, que é dono de uma extensa ficha criminal e ex-presidiário.

Ele foi detido pela Polícia na Comunidade das Quadras de São Vicente de Paulo, na Aldeota, onde mora, após uma denúncia anônima. O suspeito teria sido filmado pelas câmeras do sistema de segurança eletrônica das Lojas Americanas, situada no esquina da Avenida Dom Luiz com Rua Frei Mansueto.  O bandido foi encaminhado à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde permanece sendo investigado.

“Saidinha”

Segundo o major Hideraldo Bellini, do 8º BPM, a vítima morava nas proximidades do local do crime, um condomínio no bairro Meireles e foi à pé até a agência da Caixa Econômica, na Avenida Dom Luiz, onde fez um saque no caixa eletrônico. Na saída, percebeu a presença dos dois suspeitos em uma moto amarela.

Ao notar que os estranhos estavam lhe observando, o advogado seguiu apressadamente em direção à loja e foi perseguido. Quando entrou no estabelecimento em busca de socorro, foi atacado e baleado. Os ladrões roubaram o dinheiro e fugiram em uma moto amarela.

Com base na filmagem da cena do crime, a Polícia vai tentar identificar o segundo assaltante. Francisco Jairo já responde por crimes de tráfico de drogas e  porte ilegal de arma de fogo.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar