Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2017

4.941

Atualizado em 18/12/2017  

Cinco pessoas morrem no fim de semana em confrontos com agentes da Segurança Pública

Raio - motos

Um bandido tombou morto após troca de tiros com uma patrulha do BPRaio em São Benedito

Cinco pessoas foram mortas, no fim de semana, em confronto com agentes da Segurança Pública do estado do Ceará.  Foram dois casos na Capital e outros três no Interior.  Todos os episódios estão sendo ainda investigados e das cinco vítimas, duas  não portavam documentação na hora em que praticavam roubos ou reagiram à intervenção policial.

O primeiro caso ocorreu em Fortaleza, na tarde de sábado (8), quando três bandidos armados  invadiram uma clínica localizada na Rua Guaratinguetá, no bairro da Maraponga, e renderam funcionários e clientes. No entanto, conforme testemunhas, havia um homem também armado e que, supostamente, seria policial civil. Ele reagiu e matou um dos delinqüentes.

O segundo fato aconteceu na cidade de São Benedito (a 337Km de Fortaleza) na tarde de domingo (9), quando um assaltante trocou tiros com uma patrulha do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio). Segundo a Polícia, três homens estavam praticando assaltos nas imediações do Hospital Municipal. O Raio foi acionado e ao chegar ao local indicado foi recebido a tiros pelos delinqüentes. Um deles acabou sendo baleado e morreu no hospital. Tratava-se de Francisco Eliano Rodrigues da Silva, 30 anos.

Armado de faca

Já na noite de domingo (9), dois homens que praticavam assaltos pelas ruas dos bairros Parangaba e João XXII foram baleados supostamente por um policial nas proximidades da Rua Júlio Braga. A dupla foi atingida a tiros e um deles morreu no local.

E na cidade de Acarape (a 54Km de Fortaleza), um homem foi baleado e morto quando tentou, armado de faca, investir contra guardas municipais do Município. Minutos antes, ele havia sido parado pelos guardas e submetido a uma revista pessoal. Inconformado, passaou a desacatar os agentes. Em, seguida, foi em casa e armou-se com uma faca. Voltou à rua e correu para esfaquear os guardas, quando, então, foi baleado e morreu, sendo identificado como José Cláudio Amâncio de Araújo. 

Na cidade de Quixadá, no Sertão Central, uma troca de tiros entre uma gangue e policiais do BPRaio deixou um dos delinquentes moirtos, sendo identificado como Luan Mateus Queiroz de Aquino. O cconfornto ocorreu no bairro Campo Velho e com o bandido, conhecido pelo apelido de "Batera", a Polícia apreendeu um revólver de calibre 32, com quatro munições disparadas e duas intactas, além de vários objetos de assaltos. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar