Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

Saiba o que está rolando nos bastidores da Segurança Pública

Intermitente piscando Intermitente piscando Intermitente piscando Intermitente piscando

SIRENE ABERTA

A prisão do bandido “Carioca” e seus comparsas, numa operação rápida e exitosa, foi obra exclusiva da Polícia Militar do Ceará, através do seu Batalhão de Polícia de Choque, que tem no seu comando um oficial especialista em Inteligência. (Leia a íntegra da coluna) 

 

O tenente-coronel Cícero Henrique Bezerra é um dos oficiais mais bem preparados na função. Especialista em informação, já foi o diretor da Coordenadoria de Inteligência da SSPDS (Coin) na gestão de seu primo, o coronel PM Francisco Bezerra, período em que a Polícia cearense mais prendeu bandidos, desarticulou quadrilhas e produziu baixas no crime organizado.

A Inteligência é o pulmão e o coração de qualquer Polícia no mundo que queira ter sucesso na luta contra a violência e a criminalidade. A ação certeira e eficaz dos homens do Comando Tático Motorizado (Cotam), do BPChoque, colocou por água abaixo o plano do PCC de resgatar os líderes locais da facção, hoje ocupando a unidade prisional CPPL 3, em Itaitinga.  Ao assumir o Comando-Geral da PM, o coronel Ronaldo Viana teve a liberdade de escalar seu time. E escalou bem, desde a área de planejamento das ações (coronel Jano) aos comandos operacionais de enfrentamento ao crime, como os coronéis Aginaldo Oliveira (Comando de Policiamento Especializado) e o tenente-coronel Henrique Bezerra (BPChoque). Bingo para a PM!!!

XÔ SATANÁS!!!

Carioca 45

Preso novamente no Ceará, após 23 anos de ter comandado o seqüestro do arcebispo de Fortaleza, dom Aloísio Lorscheider, durante uma rebelião e fuga no antigo IPPS, o bandido Antônio Carlos de Sousa, o “Carioca”,  veio com a missão de arregimentar homens e armas. O objetivo era resgatar os líderes locais do PCC, hoje recolhidos na CPPL 3, em Itaitinga.  A presença do bandido virou uma ameaça, já que ele estaria a serviço do “número 1” do PCC, o  traficante Marcos Herbas Camacho, "Marcola”.  Mas, a preocupação das autoridades agora é saber o que fazer com esse bandido, o “Carioca”. Fontes da Segurança Pública foram ouvidas e de forma unânime disseram que o melhor seria que ele fosse imediatamente transferido daqui. Xô!!!

DEBANDADA SEM EXPLICAÇÃO

DRaco

A Secretaria da Segurança Pública e direção da Polícia Civil estão devendo à sociedade uma explicação sobre o que verdadeiramente aconteceu na Delegacia de Repressão às Ações do Crime Organizado, a Draco. Em pouco mais de dois meses de atuação, o órgão entrou em colapso. Delegados, escrivães e inspetores se desentenderam e foi todo mundo exonerado dali. De onde partiu a ordem? Ninguém fala.  E o que motivou a debandada? Quem souber, morre...

SÓ FALTAVA ESSA!!!

Raio 444

A bandidagem resolveu sair às ruas da cidade de Quixeramobim, no Sertão Central do Ceará, para protestar contra a firme e legal atuação do Batalhão Raio. Diariamente, equipes da Base de Quixadá fazem operações em Quixeramobim para conter o avanço do crime. Na última segunda-feira (8), os bandidos resolveram fazer uma passeata e carreata ao mesmo tempo. Puxados por um “paredão”,  percorreram a periferia da cidade exigindo “respeito”.  A pergunta dos cidadãos foi esta: “Onde estava o Raio nesta hora?” Se a moda pega...

CAMILO FAZ MIMOS!

cAMILO sANTANA

De uma hora para outra, o governador Camilo Santana (PT) resolveu fazer “mimos” com a prima pobre da Segurança Pública do Ceará, a Polícia Civil. Depois de conceder a entrada da classe dos delegados da PC no âmbito das carreiras jurídicas do Estado (à exemplo de juízes de Direito e promotores de Justiça), o gestor resolveu conceder a “Média do Nordeste” (reajuste de salários) para inspetores e escrivães. Também serão beneficiados os servidores da Perícia Forense (Pefoce). Na verdade é um aumento salarial ínfimo e que vai ser pago em três parcelas, sendo a última em dezembro de 2018, no apagar das luzes da gestão do petista no Abolição.

VOZ DA EXPERIÊNCIA

Serra

Experiência não se compra, se conquista. Coronel PM Carlos Alberto Serra Santos, ex-chefe do Comando do Policiamento da Capital (CPC) e um dos mais preparados oficiais da Corporação, hoje na Reserva Remunerada, sugere ao atual Comando a estratégia de operações com fechamento de quadrantes e saturação. "Tem que sufocar o crime", diz o militar com sua bagagem de conhecimentos e práticas vitoriosas no combate à criminalidade. Ele se diz também preocupado com essa verdadeira "caçada" que bandidos estão fazendo a policiais. Somente nos primeiros quatro meses e alguns dias de maio deste ano, já são 10 PMs assassinados. 

POLITICAGEM NA POLÍCIA

Matéria publicada na edição desta quarta-feira (10) no Diário do Nordeste mostra a politicagem na Segurança Pública. Um grupo de 10 deputados federais cearenses exige do ministro da Casa Civil da Presidência da República a indicação para um novo superintendente da Polícia Rodoviária Federal no Ceará. Quem“puxa” a lista é o deputado Genecias Noronha. Querem tirar do cargo o competente profissional inspetor Stênio Pires. No Brasil é assim, manda quem pode...

DEU A LOUCA NA CGD

E a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário (CGD) está em clima nada amistoso. A tensão ali é grande. Os nervos à flor da pele. Muito estresse e policiais sendo humilhados por seus superiores. Nas redes sociais comentários de que muitos servidores do órgão estão pedindo transferência de lá. Não suportam mais o assédio moral e a falta de respeito profissional. Muitos estão deprimidos. Providências, governador Camilo!

DIREITOS HUMANOS E O ÓCIO

Oficial da Polícia Militar revela que a Corporação iniciou um trabalho de combate à criminalidade no Centro de Fortaleza, onde há centenas de moradores de rua que estão envolvidos em assaltos, uso e tráfico de drogas e outros delitos. A partir disso, a PM tentou iniciar um cadastramento, mas logo os “Direitos Humanos” apareceram e pediram a suspensão desse trabalho preventivo para o bem da sociedade. E mais, pediu a abertura de investigação para saber se a PM foi truculenta com os sem-teto. Deveriam tais “Direitos Humanos” apoiar a ação da Polícia e ajudar os moradores a sair da miséria. É o ócio! Não têm o que fazer e ainda atrapalham quem quer trabalhar.

E TEM MAIS!!!

* Índices criminais “explodiram” no Ceará no mês de abril. Cerca de 400 pessoas foram assassinadas no estado. Os Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs)  só aumentam. Bom ressaltar que a SSPDS não contabiliza as mortes decorrentes de intervenções policiais e as que ocorrem nos presídios. Foram 23 no total em abril. Portanto, oficialmente, o número oficial deve girar em 377.

* Foi pouco divulgado, mas a SSPDS alterou o número e a abrangência das chamadas Áreas Integradas de Segurança (AIS), que passaram de 18 para 22.  O Centro de Fortaleza, por exemplo, que fazia parte da AIS-1, agora está enquadrado na AIS-4. Na Capital são 10, na RMF três e no Interior, nove.

* Polícia Militar e Seuma iniciaram uma nova ofensiva contra o abuso de som alto na cidade. Operações estão sendo intensificadas, principalmente nos fins de semana e feriados, com a apreensão de equipamentos de som que estejam funcionando acima do permitido por lei.

* A Secretaria da Justiça anunciou: fará concurso em breve para a admissão de novos agentes penitenciários. O edital logo está sendo publicado. Por outro lado, o Ministério Público quer a expulsão de nove agentes que teriam liderado a greve da categoria em 2016.

* Carteira Nacional de Habilitação, emitida a partir de 1º de maio, já sai com um QR-Code, código que vai impedir a falsificação do documento. O dispositivo vai permitir até mesmo o reconhecimento do portador através de sua fotografia, com leitura através de smartphone, por exemplo, e consulta online ao banco de dados do Denatran.

 * Governos brasileiro e colombiano fecharam uma parceria através do Programa de Proteção Integrado de Fronteiras, nas áreas de Defesa, Inteligência e Segurança. O objetivo é os dois países juntos intensificarem o patrulhamento na área de fronteira e sufocar os narcotraficantes e contrabandistas. Do lado territorial brasileiro, estarão sendo mobilizados contingentes da Marinha, Exército Aeronáutica, Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

 * Presidente Michel Temer autorizou o deslocamento de 425 homens da Força Nacional de Segurança (FNS) ao Rio de Janeiro. Vão ajudar a Polícia Militar e a Polícia Civil cariocas a reprimir a ação do tráfico e das facções em várias comunidades da cidade, hoje dominadas pelo crime organizado. Esse efetivo não é suficiente para ocupar uma única favela!!!

* E aqui em Fortaleza, bairros como Barra do Ceará, Jardim Iracema, Álvaro Weyne, Jangurussu, Sapiranga-Coité e Vicente Pinzón continuam sob o domínio das facções PCC, Comando Vermelho, Família do Norte (FDN) e Guardiões do Estado (GDE). Cada uma no seu quadrado? Não, a disputa de território é resolvida na bala. E haja defunto nas ruas... 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar