Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro Mortes no Ceará 2017

3984
Atualizado em 19/10/2017

Saiba o que está rolando nos bastidores da Segurança Pública do Ceará

Intermitente piscando Intermitente piscando Intermitente piscando Intermitente piscando

SIRENE ABERTA

No mês de abril, o Ceará teve um crescimento colossal nos crimes contra a vida, os homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte ou, ainda, Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs). A alta no estado foi de 37,6 por cento. (LEI A ÍNTEGRA DA COLUBA)

Porém, a estatística específica de Fortaleza foi muito mais elevada, chegando a 86,7 por cento, em comparação a abril de 2015. Em contrapartida, os números dos crimes contra o patrimônio apresentaram uma queda. Ora, se os assassinatos aumentaram e os roubos diminuíram.  Logo se conclui que, em tese, quem está “desaparecendo” são os ladrões. Quase 90 por cento dos assassinatos na Grande Fortaleza têm como vítimas pessoas envolvidas com o crime (assaltantes, traficantes, homicidas etc).  Esta é a realidade, o resto é besteira de “analistas” da Segurança Pública, que é só o que tem por aí...

CAMILO QUER DINHEIRO

Dinheiro muito

Governadores do Nordeste tentam pressionar o Governo Federal a liberar recursos para o combate à criminalidade na região e cobram do Planalto a formulação de um Plano Nacional de Segurança Pública. O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), é um dos defensores das duas propostas. Acuado diante da elevação brutal dos índices De assassinatos no estado, ele tenta “transferir” para a esfera federal o combate ao tráfico de drogas, que está na raiz da criminalidade e da violência.

PRIVILÉGIO DAS FACÇÕES

CPPL 3

 

A descoberta de um plano para resgatar da cadeia os líderes locais da facção criminosa PCC, no presídio CPPL 3, em Itaitinga, só confirma aquilo que o governo não quer admitir de público: o crime organizado pressionou sim o governo e conseguiu o que quis, a divisão das facções por unidades penais. Na CPPL 3 estão confinados os membros do PCC. No Presídio do Carrapicho (Caucaia) e na CPPL 2 estão os da facção Guardiões do Estado (GDE). Na CPPL 1 e na Penitenciária de Pacatuba está o Comando Vermelho (CV). Esse “privilégio”benéfico para o Estado, que evita confrontos e chacinas, mas facilita planos de fuga em massa e de líderes dessas facções.

MULTIPLICAR O RAIO

rAIO RAIO

Os altíssimos índices da criminalidade em Fortaleza, com o registro de 140 assassinatos em abril (média de um crime à cada quatro horas), levaram Camilo Santana a se apressar em anunciar o reforço no policiamento da cidade. O número de equipes do Batalhão Raio vai dobrar.  Além disso, novas viaturas serão entregues aos quatro batalhões responsáveis pelo Policiamento Ostensivo Geral   (POG) e subordinados ao Comando do Policiamento da Capital/CPC  (5º, 6º e 8º Batalhões).  Atualmente, são cerca de 100 viaturas em operação, mas este número já foi bem maior, até 160.

O BATMAN QUER MAIS!!!

Batmam

Os bons resultados da “Operação Desintoxicação”, realizada nesta quinta-feira (11) em Aquiraz, devem levar a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) a repetir tal tipo de ação em outras comunidades da Grande Fortaleza nas próximas semanas. O secretário André Costa tem participado pessoalmente das escaramuças da Polícia nos nichos do tráfico. O “Batman” não é de ficar em gabinete. Quer ver o que os seus subordinados estão fazendo nas ruas. Ele tá certo!

E TEM MAIS!!!

* Deputado estadual Capitão Wagner (PR) convidando para sessão solene na Assembleia Legislativa no próximo dia 26, a partir das 15 horas, em homenagem aos 182 anos da Polícia Militar do Ceará.  A corporação passa neste momento por uma fase de renovação de pessoal. Até o final de 2018 terá em suas fileiras o sangue novo de 4.200 neo-soldados.

* Foi expulso das fileiras da PM o soldado Elinaldo Guedes da Silva. Em 2015, ele foi preso por envolvimento no tráfico de drogas na cidade de Juazeiro do Norte. A demissão foi oficializada após investigação da Controladoria Geral de Disciplina (CGD).

* Cadê a explicação??? Delegado-geral da Polícia Civil Everardo Lima, manteve a boca fechada em relação ao que aconteceu na Delegacia de Repressão às Ações do Crime Organizado (Draco).  Todos os inspetores, escrivães e delegados de lá foram exonerados e substituídos na semana passada. Dizem que a coisa por lá “fedeu”...

* Cidades cearenses pequenas, que até então não apareciam no noticiário policial, hoje padecem com o crescimento da violência patrocinada pelo tráfico de drogas. Eis algumas delas: Barreira, Catunda, Quixeré, Itarema, Catarina. Assaltos e latrocínios atormentam a população.

* Comandante do Policiamento da Capital (CPC), coronel F. Souto, mandou reforçar o policiamento na Praça Castro Carreira (da Estação), onde uma cracolândia funciona há anos, em pleno Centro da cidade. Seria bom estender isso para a Rua Princesa Isabel, nos fundos do Novo Beco da Poeira, onde o crack corre solto todas as noites. Nesta mesma rua, a poucos quarteirões, estão sediados o Quartel da 1ª Companhia do 5ºBPM e a delegacia Seccional do Centro, o 34º DP. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar