Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

Guerra entre as facções Comando Vermelho e GDE deixa 40 mortos em uma semana nas ruas de Fortaleza

HM1

Na Avenida Humberto Monte, bandidos trocaram tiros e dois deles acabaram mortos

HM2

Um dos envolvidos no tiroteio ficou ferido e acabou preso por policiais militares

HM5

Mais dois baleados no confronto foram tambén capturados na Avenida Humberto Monte

Fortaleza tornou-se palco de uma “guerra” não declarada entre duas das quatro facções criminosas que dominam o Sistema Penitenciário do Ceará e divide quadrilhas e gangues de assaltantes e traficantes de drogas nos bairros periféricos da cidade. Em uma semana, o confronto entre membros do Comando Vermelho (CV) e da Guardiões do Estado (GDE) já resultou em, pelo menos, 40 mortes. Somente entre a sexta-feira (12) e a madrugada de hoje (13) foram nove mortos. Quatro morreram em dois tiroteios registrados nos bairros Pirambu e Pici.

O primeiro confronto armado deixou dois mortos e três feridos na Rua Dom Quintino, no Pirambu. Segundo informações da Polícia, bandidos das duas facções travaram um tiroteio numa esquina, por volta das 15 horas. Um jovem morreu no local, sendo identificado como Joíle Goes da Silva, de 21 anos de idade. Um eletricista que fazia reparos na instalação elétrica de um mercadinho no local foi atingido por uma bala perdida e morreu minutos depois na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Avenida Leste-Oeste. Foi identificado como Antônio Silvestre Ferreira (54). Outras duas pessoas sofreram ferimentos leves, com tiros de raspão, e foram liberadas após atendimento na Emergência.

Bala

O segundo confronto ocorreu por volta das 17h30 em plena Avenida Humberto Monte, próximo á entrada do Campus do Pici da Universidade Federal do Ceará (UFC) e uma revendedora de automóveis. Segundo a Polícia, o tiroteio envolveu sete pessoas que estavam em dois veículos.

Em um Corsa prata estariam quatro suspeitos de serem membros do Comando Vermelho. No segundo automóvel, um Etios preto trafegavam três integrantes da GDE. Ao chegar no semáforo próximo a uma pracinha, teve início o tiroteio. Dois policiais militares que passava no local presenciaram o tiroteio e tentaram intervir.

No local, morreram dois homens. Um deles, identificado como Francisco Raimundo Freitas dos Santos, que dirigia o Etios preto e fazia parte da facção GDE. Também morreu ali um jovem, não identificado, que era do CV e passageiro do Corsa prata.  Outros três bandidos ficaram feridos e foram presos e a Polícia recolheu várias armas.

No dia anterior (11), outro confronto entre as duas facções deixou dois mortos na Avenida Major Assis, no limite dos bairros Quintino Cunha e Vila Velha, na zona Oeste da Capital. Em meio a um tiroteio, morreram Luan Venâncio dos Santos, 22 anos; e Ronielle Martins, 24.

Ainda na noite de sexta-feira, outro tiroteio aconteceu na comunidade conhecida como Beco do Cachorro Doido, no bairro Sapiranga-Coité e deixou um jovem morto, identificado apenas por Bruno, que seria envolvido com o tráfico de drogas e membro de uma das facções criminosas.

Entre a madrugada e começo da manhã deste sábado, mais dois assassinatos foram registrados na Grande Fortaleza, um deles nas margens da linha férrea que corta as avenidas Francisco Sá e Doutor Theberge, , no bairro Carlito Pamplona, e o segundo na localidade de Jabuti, no Município do Eusébio, onde um adolescente de 16 anos foi executado a tiros.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar