Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2017

4.555

Atualizado em 21/11/2017  

Facções criminosas ordem "acertos de contas" nos presídios e cadeias do Ceará

Intermitente piscandoIntermitente piscandoIntermitente piscando

SIRENE ABERTA Fernando Ribeiro

Morte

Depois de mostrar sua ousadia e violência nas ruas de Fortaleza nos últimos dois anos, com uma matança desenfreada, ataques a coletivos, distritos policiais, bases da PM, prédios da Secretaria da Justiça, torres de telefonia e até um carro-bomba na porta da Assembleia Legislativa, as facções criminosas determinaram, agora, confrontos dentro das unidades do Sistema Penitenciário.

Fugas coletivas, resgates e mortes estão se tornando diárias. Nesta quinta-feira (10) os confrontos entre membros das facções Guardiões do Estado (GDE) e Comando Vermelho (CV) fizeram estragos (e mortes) em três unidades carcerárias estaduais: cadeia pública de São Gonçalo do Amarante, Presídio Feminino Desembargadora Auri Moura Costa e presídio de Maranguape.  No começo da semana, os incidentes ocorreram na Penitenciária de Pacatuba, no presídio de Aracati e na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC), em Juazeiro do Norte.

Em todas as seis ocasiões, houve danos ao patrimônio público, muita desordem e presos feridos. Em São Gonçalo do Amarante foi ainda mais grave, com três detentos mortos. A Penitenciária de Pacatuba, registrou cerca de 25 minutos de bala, um intenso tiroteio entre bandidos, policiais militares e agentes penitenciários. O objetivo, supostamente, seria o resgate ou seqüestro do assaltante cearense Antônio Jussivan Alves dos Santos, o “Alemão”, principal protagonista do maior furto bancário já registrado na história brasileira. Em agosto de 2005 ele comandou a quadrilha que “sacou” da casa-forte do Banco Central, em Fortaleza, a bagatela de R$ 164,7 milhões.

ALEMÃO BEM LONGE DAQUI

Pacatuba 2

Com tantos problemas nos presídios locais, o Ministério Público finalmente apareceu para opinar ou  intervir no assunto. Deverá requisitar da Justiça nova transferência de “Alemão” para um presídio ou penitenciária federal de segurança máxima. O bandido já esteve em temporadas nas penitenciárias de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Com seu envolvimento na tentativa de fuga nesta semana, ele deverá novamente embarcar no jatinho da PF e ir para bem longe do Ceará. O MP apenas aguarda que ele se recupere dos tiros que recebeu ao tentar escapar da Penitenciária da Pacatuba. O criminoso foi, recentemente, beneficiado pela Justiça ao ser retirada dos seus ombros a acusação do crime de lavagem de dinheiro. Mas, “Alemão” responde, ainda, por furto, associação criminosa e falsificação de documentos.

ELOGIOS PARA A TROPA

Presídio Chopque

A promotora de Justiça, Joseana França, que atua na área das Execuções Penais, rasgou elogios à atuação da Polícia Militar e dos agentes penitenciários no episódio ocorrido na Penitenciária de Pacatuba, na madrugada da última terça-feira (8). Ressaltou a bravura dos militares e agentes que impediram a fuga de dezenas de bandidos que cumprem pena naquela cadeia. Joseana fez questão de redigir ofícios à Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus) e ao Comando-Geral da PM para que seja inserida na ficha profissional dos agentes e PMs sua manifestação. “É esta a Polícia que nós  queremos, que a sociedade quer. Uma Polícia que seja forte na defesa da sociedade,e  que não recue diante dos criminosos”, acentuou. Um exemplo para todos os membros do MPCE.

CIDADES SEM DELEGACIAS

aCARAÚ

A situação da Polícia Civil no Interior do Ceará é crítica. São mais de 80 cidades que não dispõem de uma delegacia para a instauração de inquéritos. Em Camocim, por exemplo, cidade litorânea com uma população estimada em torno de 62 mil habitantes, e um dos principais destinos turísticos do Ceará (com belíssimas praias), a Delegacia Regional não funciona em período de plantão. Nos dias úteis, as portas se fecham às 18 horas e só reabrem às 8 do dia seguinte. Nos finais de semana e feriados, quem quiser registrar um simples Boletim de Ocorrência (B.O.)  vai dar com a cara na porta. Já em casos mais graves, como prisões em flagrante, os policiais têm que se deslocar para Sobral ou Itapipoca para que seja realizado o devido procedimento legal.  Com a falta de policiais, a Prefeitura está sendo “convidada” a ceder alguns guardas municipais para ajudar nos trabalhos da Polícia. Vergonha para a Segurança Pública!!!

RESGATE DA JUSTIÇA CEARENSE

Iracema

Nem mesmo o escândalo do “Expresso 150”, que se abateu sobre o Poder Judiciário cearense, com a descoberta da venda de sentenças e liminares para bandidos, impediu que o estado emplacasse mais um representante no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Quem deverá integrar aquela importante instituição será a ex-presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, desembargadora Iracema do Vale.  É a segunda indicação, já que o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará, Valdetário Monteiro, tornou-se recentemente, membro do CNJ. A sociedade cearense – e principalmente os operadores do Direito – depositam nos dois a confiança para que restaurem a imagem do Judiciário local perante o País. E que os envolvidos no escândalo sejam logo colocados atrás das grades.

A LEI DO SILÊNCIO

Menino armado

Onde anda a Inteligência da Polícia cearense? Ninguém sabe, pois a ostentação do crime acontece à luz do dia na periferia de Fortaleza e até mesmo na área considerada nobre da cidade. Bandidos passeiam armados nas ruas, mostrando suas armas de fogo sem nenhuma cerimônia, protegendo seus territórios do tráfico. No Papicu, por exemplo, garotos com aparência de 12  e 13 anos circulam nas ruas com pistolas nas mãos. Onde? Na favela das Barreiras, na Via Expressa. Na Sapiranga-Coité também. Por conta dessa situação, moradores estão indo embora, abandonando suas casas, que compraram e pagaram à custa de muito trabalho e privações. Quem falar, morre. Essa é a lei imposta pelos traficantes e fielmente cumprida por seus “soldados” armados.

REDUTOS DAS FACÇÕES

Parede

Lagoa do Urubu (no bairro Álvaro Weyne), Morro de São Tiago (Barra do Ceará), Alecrim (Sapiranga-Coité), Favela das Barreiras (Papicu), Rua dos Prados (Vila Velha), Pau Fininho (Cidade 2000), e tantos outros lugares dessa Capital já são áreas conhecidas da Polícia como territórios dominados por criminosos armados. São mais de 300 áreas na cidade onde os traficantes ligados à facções criminosas dominam a venda de drogas e determinam quem vive e quem morre. Ainda assim, as ações da Polícia nestes locais são pontuais. E em cada um deles há um chefe do tráfico e seus “soldados” armados. Lagamar, Papicu, Barra do Ceará, Bom Jardim, Vila Velha, Vicente Pinzón, e tantas outras comunidades viraram reféns do crime e da violência. Fortaleza virou uma cidade sitiada pelo crime.

ELOGIOS PARA MARTA

Marta MOnteiro - delegada

Delegada de Polícia Civil, Marta Monteiro, titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), recebeu da Vice-Governadoria do Estado – coordenação do programa “Ceará Pacífico” – elogios por sua atuação brilhante na investigação sobre o assassinato de uma mulher naquele Município. Em menos de 48 horas após registrar o crime que vitimou a dona de casa Rosiane Dantas da Silva (assassinada a pauladas e o corpo ocultado numa cova rasa pelo próprio marido), Marta e sua  equipe desvendaram o caso e identificaram o assassino, que já está atrás das grades. Experiente, dedicada ao trabalho e diligente, Marta Monteiro também é justa: dividiu o êxito da investigação com sua equipe, com o colega delegado Sidney Furtado, titular da Delegacia Metropolitana de Pacatuba; e com a Polícia Militar.  Parabéns!

PAU NA GLOBO, CORONEL!!!

Bahia

O comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, coronel PM Anselmo Brandão, criticou o enredo da novela das 21 horas da Rede Globo, “A Força do Querer”. Em entrevista a uma emissora de rádio, em Salvador, no começo desta semana, o oficial afirmou que a narrativa é um “desserviço ao País”, por conta das cenas que abordam a movimentação do tráfico de drogas no Rio. “Eu adoro a arte, adoro novelas, mas quando a gente assiste esta novela da Globo, fica indignado”. Ele se referia às cenas em que bandidos (personagens) ensinam como manusear, guardar fuzis e escondê-los da Polícia. “Aquilo é o fim da picada, mostrar e ensinar para as pessoas como se faz aquilo, e tudo pela audiência. É um desserviço para a nação, infelizmente”, disparou o comandante.

E TEM MAIS!!!

* Agora é pra valer!!! O vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Bing Torgan (DEM), já formou sua equipe e vai colocar em prática o projeto que vai atuar na prevenção e combate à violência na cidade. A Guarda Civil Metropolitana de Fortaleza (GCMF) terá papel importante como Polícia Cidadã, em parceria com a Polícia Militar.  Fortaleza ganha, assim, mais suporte para combater o crime.

* A massa carcerária do Ceará cresce à velocidade da luz. No ano passado eram 24.472 presidiários em todo o estado. O último levantamento feito pela Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus) revelou que esse número passou para 26.800 somente nos últimos seis meses. Em 2009, portanto há nove anos, eram “apenas” 12.872.

* Há um movimento na Câmara dos Deputados com propostas para a legalização do jogo no Brasil.  Os defensores do projeto alegam que o País arrecada anualmente, em impostos, R$ 4,9 bilhões com a venda de cigarros, R$ 2,3 bilhões com bebidas, R$ 2,2 com automóveis e R$ 5 bilhões com combustíveis. Dizem que o jogo, sozinho, arrecadaria por ano, nada mais, nada menos, que R$ 18 bi.

* Deputado federal cearense Vitor Valim (PMDB) pediu na tribuna da Câmara, em Brasília, a federalização das investigações sobre os crimes das facções criminosas no Ceará. Requereu também, via ofício ao Ministério da Justiça e da Segurança Pública, a vinda novamente da Força Nacional de Segurança (FNS) para auxiliar no combate ao crime.

* Começa na próxima segunda-feira (14) a apresentação dos candidatos da terceira turma dos aprovados no concurso para a PM. Eles deverão se apresentar com a documentação exigida na Academia Estadual da Segurança Pública (Aesp). Vão iniciar o curso de formação profissional e, até o fim do ano, estarão prontos para engajar na Corporação. Serão mais 1.200 PMs.

* E a pergunta do dia: quando o governador Camilo Santana (PT)  vai se convencer de que a criminalidade no Ceará somente diminuirá com a restauração dos efetivos da Polícia Civil???

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar