Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2017

4.555

Atualizado em 21/11/2017  

Raio e Choque impedem fuga em massa de bandidos do PCC na CPPL 2

CPPL Choque

A intervenção constante da Tropa de Choque da PM tem impedido fugas nas unidade de Itaitinga

Policiais militares dos batalhões de Choque (BPChoque) e Raio  (BPRaio) impediram uma fuga em massa de detentos da Casa de Privação Provisória da Liberdade Professor Jucá Neto, a CPPL 3, localizada no Complexo Penitenciário de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).  O fato ocorreu na madrugada desta sexta-feira (25)  quando os agentes penitenciários descobriram o plano dos internos daquela unidade.

Segundo a Polícia, agentes que estavam na central de vídeo-monitoramento eletrônico do presídio observaram através das imagens captadas por câmeras instaladas na Rua E de uma das Vivências o momento em que os presos começaram a colocar em prática o plano de fuga coletiva.

Os presos começaram a quebrar a parte de ventilação das paredes e alguns chegaram até a área de brita que circunda os pavilhões. Dali,  pretendiam correr até o alambrado e escapar através de buracos que são feitos nas grades.  Contudo, o reforço policial chegou a tempo de impedir a evasão.

Os homens do BPChoque e do BPRaio  fizeram uma varredura na área antes de ser realizada a “tranca” dos detentos nas celas.  Em seguida, uma patrulha do Comando Tático Motorizado (Cotam) descobriu as escavações de um túnel. Segundo um dos oficiais que comandaram a ação, o túnel não tinha ainda o buraco de saída.

Fugas

A CPPL 3 hoje é ocupada por presos ligados à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), estima-se que desde o começo do ano, mais de 100 presos tenham conseguido escapar daquela unidade penal, seja através de túneis ou pelo alambrado. Tentativas de resgate também foram registradas.

Mortes

Já na CPPL 2 (Casa de Privação Provisória da Liberdade Professor Clodoaldo Pinto), dois presos foram mortos em uma semana. Na última sexta-feira (18), o detento identificado como Jean Rodrigues da Silva foi espancado e esfaqueado até a morte. Na última terça-feira (22), outro preso também acabou assassinado. Tratava-se de Francisco João Batista de Castro da Silva, 35. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar