Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

Auditores fiscais da Sefaz e empresários são presos em operação da Polícia Civil em Fortaleza

Algemado 20

As prisões foram efetuadas em vários endereços em Fortaleza, no começo da manhã desta sexta

Dois auditores fiscais da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) estão entre as nove pessoas que foram presas nesta sexta-feira (1º) durante uma operação da Polícia Civil do Ceará em Fortaleza. O objetivo é o combate aos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e associação criminosa. A ação policial teve início no começo da manhã e ainda acontece em vários bairros da Capital para o cumprimento de mandados judiciais.

Batizada de “Operação Dissimulante”, a ação é fruto de uma longa e sigilosa investigação que vinha sendo realizada pela Polícia Civil do Ceará, através da sua Delegacia de Combate aos Crimes Contra a Administração e Finanças Públicas (DCAFP).

O pagamento  de propinas a agentes públicos ligados ao setor de arrecadação tributária e outros delitos conexos passaram a ser apurados de forma secreta e com o acompanhamento do Ministério Publico.

Mobilização policial

Além dos dois funcionários da Sefaz, estão também já presos três empresários e um membro de uma organização criminosa. Os nomes dos detidos não foram, ainda, divulgados.  Eles foram levados de suas residências e escritórios para a sede do Complexo das Delegacias Especializadas (Code), no Bairro de Fátima e deverão, ainda nesta manhã, passarem por exame de corpo de delito na sede da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Para a operação foram mobilizados 40 delegados e mais 120 policiais civis, entre inspetores e escrivães. A Polícia já apreendeu durante as diligências automóveis importados, joias, documentos, computadores e outros objetos de interesse da investigação ou fruto do dinheiro arrecadado no esquema de corrupção e sonegação fiscal. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar