Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2017

4.909

Atualizado em 15/12/2017  

PM e Guarda enfrentam resistência e retomam morro ocupado por facção

Morro 2

Pneus fora usados pelos moradores para montar barricadas com fogo na entrada do morro

Uma megaoperação policial realizada na tarde desta segunda-feira (20), na zona Leste de Fortaleza, resultou em tumulto, confronto armado e na retomada pelo Poder Público de uma área que havia sido ocupada e cercada por integrantes de uma facção criminosa. A mobilização policial aconteceu no bairro Vicente Pinzón, próximo ao Morro de Santa Terezinha, local onde se pode vislumbrar uma das mais belas vistas da cidade.

O terreno de duna, localizado na Rua São Raimundo, havia sido ocupado e cercado por bandidos armados pertencentes à facção criminosa GDE (Guardiões do Estado). Moradores e comerciantes da área passaram a ser intimidados pelos bandidos e recrutados involuntariamente para defender a ocupação, caso a Polícia aparecesse para retomar o espaço público.

Os setores de Inteligência foram informados do caso e a Prefeitura de Fortaleza obteve na Justiça a ordem judicial (mandado de reintegração) para retomar o terreno pertencente ao Município.  Ontem, uma tropa formada por policiais do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) foi mobilizada para realizar a operação. Os agentes, porém, enfrentaram resistência.

Confronto

Paus, pedras, fogos de artifício, pneus em chamas e até tiros foram usados pelos criminosos e pelos moradores para resistir a ação da Guarda Municipal e da Tropa do Comando Tático Motorizado (Cotam) e da Companhia de Controle de Distúrbios Civis (CDC), do BPChoque. A tropa contou com o apoio de um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e ambulâncias do Corpo de Bombeiros Militar (CBPM.

Os manifestantes tentaram destruir viaturas, montaram barricadas na rua e feriram um guarda municipal, que foi atingido por uma pedrada na cabeça e teve que ser encaminhado a um hospital. Os revoltos ainda tentaram furar os pneus de viaturas da GMF.

A tropa da PM e da Guarda reagiu com disparos de tiros com balas de borracha, lançamento de granas de gás e manobras táticas até dominar a situação e os fiscais municipais interditassem a área.

A Guarda Municipal mobilizou efetivos do Grupo de Operações Especiais (GOE) e outras unidades operacionais. Já a PM contou com efetivos do BPChoque e da Força Tática. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

z1
 
 
Jornalista
Fernando Ribeiro
Bem-vindos ao blog, espaço destinado a matérias sempre atualizadas sobre Fortaleza e o Estado do Ceará
 
icon (85) 9 8826.7143

Compartilhe conteúdo

 

12f

 

zz1