Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

3.564 Em 18/9/2018  

Violência entre torcidas causa pânico nas ruas de Fortaleza e deixa um jovem morto

 

A história de violência se repetiu. No domingo (4) de clássico-rei no futebol cearense, as ruas e avenidas da Capital cearense se tornaram palco de confrontos armados entre membros de torcidas organizadas. O resultado disso foram distúrbios que exigiram ação enérgica da Polícia Militar (PM) e da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF). Pelo menos, uma pessoa foi morta num dos confrontos.

O incidente que deixou uma pessoa em óbito aconteceu por volta de 13 horas, quando torcedores dos dois times entraram em confronto em plena Avenida Coronel Carvalho, no bairro Jardim Iracema. Na esquina com a Rua Ana Batista, um jovem foi baleado e morreu no local.

Segundo o relato de testemunhas, em meio ao confronto entre torcedores, ocupantes  de um veículo Palio, verde, dispararam vários tiros no local e um dos envolvidos na confusão acabou sendo atingido e teve morte imediata. Os criminosos rapidamente embarcaram no automóvel e fugiram e direção ao bairro Vila Velha. A vítima não foi, ainda, identificada.

Policiais militares isolaram o local do crime até a chegada de equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). O corpo do torcedor foi encaminhado ao necrotério da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel)

Confrontos

Em vários bairros da cidade, foram registrados confrontos entre as duas torcidas, assim como no entorno da Arena Castelão.

Um dos tumultos ocorreu nas ruas do bairro Pan-Americano, onde torcedores atiraram pedras e rojões contra a PM. Várias patrulhas foram mobilizadas para conter os desordeiros.

Nos terminais de transporte coletivo, a Guarda Municipal de Fortaleza reforçou a segurança a partir do meio-dia e impediu os confrontos. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar