Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

3.968em 20/10/2018  

Polícia prende um dos envolvidos no assalto à residência de coronel da PM na cidade de Maranguape. Oficial foi torturado

Algemado 1

O suspeito foi detido por policiais militares em Maracanaú

A Polícia Militar capturou no fim desta manhã de quinta-feira um dois bandidos envolvidos no assalto à casa de um oficial da Corporação. O crime ocorreu na tarde de Quarta-Feira de Cinzas (13) na cidade de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O militar foi torturado durante cerca de duas horas para entregar dinheiro, armas e objetos de valor de sua casa.

Segundo o comandante do 14º BPM, coronel Alves, o suspeito foi preso no vizinho Município de Maracanaú e a Polícia Militar seguem em diligências para capturar o restante da quadrilha. O homem detido tinha contra si um mandado judicial de prisão preventiva por ter cometido um crime de homicídio. Seu nome não foi, ainda, divulgado.

As diligências policiais prosseguem na área. Conforme o comandante, a operação só terminará com a desarticulação da quadrilha. “O que foi preso é de Maracanaú. Outros já foram identificados e moram lá mesmo em Maranguape”, relatou.

O assalto

Na noite de quarta-feira, por volta de 18 horas, bandidos invadiram a casa do tenente-coronel da Reserva Remunerada da PM, Manoel Batista de Freitas (tenente-coronel Freitas) e o renderam. Segundo a Polícia, apesar de ter idade avançada, o militar mora sozinho e a casa fica em um local isolado, fatores que contribuíram para o ataque ao oficial.

Os bandidos queriam armas. O militar disse que não tinha e acabou sendo espancado e ameaçado de morte pelos ladrões que usavam capuzes e revólveres. Eles fugiram levando uma TV de LED de 32 polegadas e a espada militar do oficial, entre outros objetos. Durante o assalto, os bandidos chamavam a vítima de “coronel”, o que revela que conhecem o oficial.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar