Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

2.376

Atualizado em 20/6/2018  

Mais uma vez, ruas de Fortaleza viram praças de guerra entre torcidas organizadas

Arsenal 80

Várias armas de grosso calibre foram apreendidas pela PM em um carro que conduzia torcedores

VEJA VÍDEO DO CONFRONTO NO HENRIQUE JORGE:

As ruas e avenidas de Fortaleza se transformaram em praças de guerra na tarde deste domingo (4). Em diversos bairros da cidade, torcedores entraram em confronto armado. Paus, pedras, rojões e outros objetos, incluindo armas de fogo, serviram como instrumentos para a violência entre membros de torcidas “organizadas” antes e depois do clássico Ceará x Fortaleza, na Arena Castelão.

Enquanto o policiamento era reforçado no entorno do estádio e nos terminais de ônibus da cidade, as “torcidas”marcaram encontro em outros pontos da Capital para os “acertos de contas”. UM dos mais graves aconteceu na Avenida Senador Fernandes Távora, no bairro Henrique Jorge, onde dois torcedores ficaram gravemente feridos após serem espancados com chutes, pauladas e pedradas. Um deles foi socorrido por populares e o outro transportado para o hospital em uma ambulância do Samu. As vítimas não foram identificadas.

Em nota à Imprensa, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social informou que a briga entre os torcedores aconteceu por volta de 16h20 na Área Integrada de Segurança Seis (AIS-6), e os baderneiros se dispersaram com a chegada de patrulhas do Policiamento Ostensivo Geral (POG) e do Batalhão de Rondas Intensivas e Ostensivas (BPRaio). Porém, ninguém foi preso.

Do outro lado da cidade, em Messejana, os conflitos ocorreram entre torcedores no entorno da Avenida Frei Cirilo, onde integrantes de uma suposta torcida organizada chegaram a ser escoltados por homens fortemente armados em motos sem placa. Um tumulto ocorreu quando um numeroso grupo de torcedores do Fortaleza caminhava pela Rua Barão de Aquiraz, e se aproximou de outro grupo, de torcedores do Ceará, nas proximidades do Condomínio Forte Iracema. Pessoas armadas com pistolas e revólveres foram vistas descendo de um veículo e escoltando uma das torcidas.

Armas

Já na Avenida 13 de Maio, policiais militares do Pelotão de Motopatrulhas perseguiram e interceptaram um carro modelo HB20, branco, ocupado por homens armados e que estariam indo ao encontro de um ônibus que transportava torcedores do Ceará. Na perseguição, o automóvel se envolveu em um acidente e os ocupantes fugiram, deixando dentro do carro várias armas de fogo, entre elas, uma escopeta de calibre 12, além de três pistolas, balaclavas (capuzes) e munição.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar