Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

3.092

Atualizado em 17/8/2018  

PM prende bandido que comandava mortes no Litoral Oeste do Ceará na guerra de facções

Atinha preso

Kauê foi capturado numa operação realizada por policiais do 11º BPM na região de Itarema

Policiais militares do 11º Batalhão da PM do Ceará, sediado no Município de Itapipoca, capturaram, nesta terça-feira (13), um bandido acusado de vários assassinatos e que, somente no intervalo de duas horas, matou a tiros duas pessoas na cidade de Itarema, no litoral Oeste do estado (a 210Km de Fortaleza). Os crimes ocorreram por conta da guerra entre duas facções criminosas. A operação foi chefiada pessoalmente pelo tenente-coronel PM Raulino Júnior, que assumiu o comando do batalhão no dia anterior.

Kauê Sousa Sales é integrante da facção criminosa Comando Vermelho (CV) que, segundo a Polícia, atua na região do Litoral Oeste e no Vale do Baixo Acaraú. Entre a manhã e a tarde da última segunda-feira (12), o bandido assassinou uma mulher de 35 anos e um adolescente de 17. O primeiro crime teve como vítima Maria Glauciane Gomes, 35 anos, apontada como traficante de drogas e integrante da facção Guardiões do Estado (GDE).

Cerca de duas horas, o mesmo bandido invadiu uma segunda residência na cidade de Itarema em busca de assassinar mais um integrante da GDE, conhecido por “Atinha”, fugitivo da Cadeia Pública de Bela Cruz (a 220Km da Capital) e tidos como de latíssima periculosidade. Como não o encontrou, Kauê decidiu eliminar o adolescente de 17 anos, identificado por João Wilson, que havia apontado a residência de “Atinha”. Para a Polícia a morte do garoto foi uma provável queima de arquivo.

Flagrante

Ao tomar conhecimento da sequência de crimes, o comandante do 11º BPM se dirigiu à cidade de Itarema com uma patrulha de reforço, que se juntou ao Destacamento daquele Município, e iniciou uma caçada ao assassino. O bandido foi capturado horas depois e encaminhado à Delegacia Regional de Polícia Civil de Acaraú, onde foi autuado em flagrante pelos dois assassinatos em série.

Ao prestar depoimento, Kaué disse que executou sumariamente Glauciene porque ela teria sido a mandante da morte de um também membro do CV naquela região. O novo comandante do 11º BPM informou que vai intensificar as ações de combate às facções em toda a região que faz parte da circunscrição do batalhão.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar