Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

2.779

Atualizado em 20/7/2018  

Bandido chefe de facção confessa ter assassinado mais de 20 pessoas em Fortaleza nos últimos meses

Serial Killer 1

O traficante e assassino "Júnior da Mirtes" se intitula "Conselheiro da Guerra" da facção GDE

Policiais civis da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas organizadas (Draco) capturaram um dos principais líderes de facções que atuam em Fortaleza. Henrique Soares Silva, conhecido também por “Júnior da Mirtes”, “Júnior Palhaço” ou “Jogador”, confessou naquela Especializada ter assassinado entre 17 a 20 pessoas nos últimos meses. Ele se apresenta como “Conselheiro de Guerra” da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) e atuava também como chefe do tráfico de drogas.

A prisão do criminoso de altíssima periculosidade acontece na semana passada, mas só foi divulgada nesta terça-feira (26). O criminoso vinha sendo investigado por diversos assassinatos ocorridos em bairros como Couto Fernandes, Pici, Planalto Pici, Jóquei Clube, João XXIII, Bela Vista, Pan-Americano, Genibaú e Henrique Jorge, onde comandava a facção e o tráfico de drogas.

Na última quinta-feira (21), os policiais receberam a missão de capturar o criminoso e cercaram uma residência no bairro Couto Fernandes onde o assassino se encontrava armado. “Júnior da Mirtes” reagiu e ainda tentou fugir. Houve tiroteio e perseguição policial até que ele acabou preso. Levado para a Draco, o bandido contou friamente como agia e passou a revelar as mortes por ele praticadas nos últimos meses.

Balas de fuzil

Na casa onde o bandido se escondia, a Polícia apreendeu uma grande quantidade de munição, armas e drogas. Segundo a Draco, foram encontradas 261 balas de fuzil de calibre 5.56; outras 21 balas de fuzil calibre 7.62; um carregador de fuzil 5.56; uma pistola de calibre 380; além de crack, maconha, cadernos com anotações da venda de drogas e quatro relógios de marcas de luxo, provavelmente roubados e trocados por drogas.

“Júnior da Mirtes” ou “Júnior Palhaço” deverá ser transferido nas próximas horas para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde deve ser indiciado pelos vários assassinatos que praticou nos últimos meses em Fortaleza. Com a prisão dele, a Polícia deverá desarticular parte da facção e prender outros envolvidos em assassinatos e no tráfico de entorpecentes naquela área da Capital.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar