Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

3.620 Em 22/9/2018  

Bandido preso "dedura" os comparsas de facção envolvidos no assassinatos de duas jovens na Vila Velha

Letícia outra Letícia 3

As duas garotas caíram numa emboscada e foram executadas a tiros no bairro Vila Velha II

A Polícia Civil já identificou os três bandidos suspeitos de matar duas jovens na noite da última terça-feira na zona Oeste de Fortaleza. As duas garotas foram executadas com tiros na cabeça após serem cercadas e retiradas de dentro de um carro de aluguel via aplicativos. Um dos bandidos acabou preso em flagrante. Em vídeo feito logo após a prisão, ele “dedura” os comparsas. O crime tornou-se mais um capítulo da guerra entre facções criminosas que atuam na Capital cearense.

Israel do Nascimento Vieira, bandido foragido da Cadeia Pública de Morada Nova (a 163Km de Fortaleza), foi preso por policiais militares da Força Tática (FT) do 20º BPM (Cristo Redentor) na comunidade Beco do Jeremias, no bairro Vila Velha II, minutos após o duplo assassinato. Ainda no local da prisão, um policial gravou um vídeo em que o suspeito confessa participação no assassinato das duas jovens e revela os nomes dos comparsas: Francisco e Riquelme, bandidos integrantes da quadrilha dos “Gafanhotos”, que age há anos na Vila Velha, matando pessoas e traficando drogas.

Ao ser preso, o bandido forneceu um nome falso aos PMs, mas sua verdadeira identidade foi descoberta quando ele chegou algemado na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Naquela Especializada, ele confessou ter participado do duplo assassinato, mas alega que foram os comparsas os autores dos tiros contra as garotas. Disse também ser integrante da facção Guardiões do Estado (GDE) e que as vítimas seriam da facção rival, o Comando Vermelho (CV).

Tiros e bicicletas

Segundo a Polícia, na noite de terça-feira (3), Letícia de Souza e sua amiga – ainda não identificada – embarcaram em um carro do Uber no bairro Planalto Pici e seguiram até a Vila Velha II, ocasião em que foram abordadas no cruzamento das ruas Dois e Beta por bandidos armados que estavam de bicicletas e, com as armas apontadas na direção do motorista, o obrigaram a parar o carro. As duas foram, então, tiradas à força do automóvel, arrastadas para o meio da rua e executadas sumariamente. Na fuga, os bandidos deixaram para trás três bicicletas e se embrenharam em um beco. A PM cercou rapidamente o local e prendeu Israel. Os comparsas desapareceram.

Com a morte das duas garotas, subiu para 252 o número de mulheres assassinadas no Ceará em apenas seis meses e cinco dias de 2018. Em cinco dias de julho, já são sete crimes do gênero.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar