Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

3.913 em 15/10/2018  

"Novela" das armas sem trava compradas pelo governo promete novos capítulos

Intermitente piscandoIntermitente piscando Intermitente piscando

SIRENE ABERTA   

Fernando Ribeiro

Ricardo Rochha 3

Ricardo Rocha, promotor de Justiça, quer o recolhimento das armas entregues aos policiais

Parece não ter mais fim a polêmica em torno da aquisição de novas armas para a Polícia cearense. O fato envolve a primeira licitação internacional feita no Ceará, no começo do ano. Para vender ao estado pistolas, fuzis e outros artefatos bélicos, saiu vencedora a indústria alemã Sig Sauer, que tem fábrica nos Estados Unidos. No entanto, a empresa ofereceu pistolas (de calibres 9 milímetros e .40) sem trava de segurança, o que desobedece as regras da licitação. O Ministério Público ajuizou uma Ação Civil Pública (ACP) para impedir a aquisição do armamento fora dos padrões previstos no certame. A Justiça não julgou o recurso a tempo e o governo não quis saber disso e deu prosseguimento à negociação.

SEM TRAVA

Pistolas 600

Na madrugada da última segunda-feira (30), o gigantesco lote de armas alemãs desembargou no Ceará através do setor alfandegário do Aeroporto Internacional Pinto Martins. Dois dias depois, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) convidou a Imprensa para a solenidade de entrega das novas pistolas para as polícias Civil e Militar. Mas, 24 horas antes, o promotor de Justiça autor da ACP, Ricardo Rocha, bateou outra vez na porta da Justiça para, desta vez, pedir, de forma liminar (urgência), o recolhimento de todas as armas. Até agora não recebeu respostas. No recurso, ele reitera a informação de que as armas, sem possuir trava de segurança, podem causar disparos acidentais com conseqüências graves. A Justiça para não dar ouvidos. Daqui a alguns meses saberemos, pois, se teremos policiais e pessoas do povo lesionadas ou mortas por conta dessa polêmica negociação milionária entre o governo do Estado do Ceará e a Sig Sauer.

OFICIAL EXEMPLAR

Jano 1 Emanuel

Ele está na lista para a promoção a coronel, o auge da carreira do policial militar, no fim do ano. Trata-se do tenente-coronel Jano Emanuel, que tem se destacado na Corporação como chefe da Assessoria de Planejamento Operacional. É o oficial responsável pela montagem e execução de todas as grandes operações que a PM desenvolve no estado. E tem feito o trabalho com maestria. Na semana passada, a tropa concluiu com êxito o policiamento em dois grandes eventos, o Fortal e o Halleluya. Não houve incidentes, a segurança foi garantida para foliões e fiéis, respectivamente. Jano também foi o responsável pelo planejamento dos últimos Réveillons com milhões de pessoas no aterro da Praia de Iracema, e diz que, à cada grande evento (como as operação Carnaval, Pré-Carnaval, Semana Santa etc), um grande desafio. A experiência e a dedicação do oficial tem resultado em permanente sucesso.

NOVOS ATENTADOS

Ataque 34

A mais recente onda de ataques do crime organizado em Fortaleza e sua Região Metropolitana deixou, mais uma vez, patente para a sociedade a necessidade imperativa de instalação dos bloqueadores de celular nos presídios cearenses. Mais uma vez, partiu de dentro de uma cadeia local a ordem de traficantes para que ônibus fossem incendiados, delegacias de Polícia metralhadas e outros prédios públicos e privados depredados. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) repetiu a estratégia de outras jornadas de atentados: silenciou nos primeiros dias e, depois, buscou “mostrar serviço”, anunciado a prisão de suspeitos, mesmo que alguns tenham sido detidos e logo soltos por falta de elementos de provas para serem autuados em flagrante. Resta saber quando acontecerá a próxima rodada de atentados, já que o estado permanece ignorando o livre uso de celulares pelos chefes do crime nos presídios cearenses.

MAIS TORRES

PMPU 1005

Prossegue a todo vapor a construção de novas Torres de Segurança (Células) do Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU). Nos próximos meses a capital cearense vai contar com, pelo menos, mais nove equipamentos para proporcionar a redução dos índices de violência na cidade. Os locais já foram definidos pela equipe liderada pelo vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan. Os bairros Vila Velha, Barra do Ceará, Antônio Bezerra, Canindezinho, Tancredo Neves, Edson Queiroz, Sabiaguaba, Bonsucesso e Messejana serão contemplados com as ações conjuntas da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) e Polícia Militar do Ceará (PM-CE). Já implantadas, as torres do Jangurussu e das Goiabeiras estão operando com câmeras espalhadas em seu entorno, equipes em viaturas e motocicletas, realizando blitze e grandes operações de prevenção à violência. O resultado é positivo, com os índices de homicídios, assaltos e roubos de veículos sendo zerados.

ANTES TARDE...

PF no TJCE 1

Faltando apenas um mês para completar dois anos da “Operação Expresso 150”, finalmente o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará decidiu sair da letargia e encarar o escândalo envolvendo alguns de seus membros no esquema criminoso de vender liminares a bandidos. Nesta quinta-feira (2), finalmente, a Corte criou coragem e decidiu, em sessão do Pleno, instaurar Processos Administrativos Disciplinares (PAD) para avaliar a conduta dos desembargadores Francisco Pedrosa e Sérgia Miranda, investigados sob a suspeita de terem recebido gordos subornos para liberar da cadeia traficantes, atos praticados durante os plantões de fim de semana do TJ-CE. Se considerarem, ao final dos processos, que as condutas dos magistrados violaram a ética do tribunal, os dois deverão perder seus cargos, mesmo um deles (Pedrosa) já tendo sido aposentado. Antes tarde do que nunca...

MIGRAÇÃO DO CRIME

Bala 4

Mês de julho terminou com o Ceará registrando cerca de 400 homicídios. No acumulado do ano, já estando próximo de alcançar os 3 mil casos. Neste ritmo, o estado corre o risco de bater seu próprio recorde alcançado em 2017, com, nada menos, que 5.144 assassinatos. Na Capital, esses índices estão baixando com a presença de um maior efetivo policial nas ruas. Contudo, na Região Metropolitana e no Interior, a matança não cai, pois para lá migraram os criminosos. Traficantes de drogas, assassinos e ladrões estão deixando a Capital e indo se instalar em cidades de médio e pequeno portes, onde o policiamento ainda é precário pela falta de contingente suficiente da PM e por não possuir delegacias da Polícia Civil com meios e efetivos adequados para atender à população. Entre os dias 1º de janeiro e 3 de agosto, já haviam sido contabilizados no Ceará, 2.950 assassinatos.

TRÁFICO NA PORTA DO SECRETÁRIO

Fachada da SSPDS

No entorno do prédio onde está instalada a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), no bairro São Gerardo, as drogas rolam à vontade. Quem vende? “flanelinhas” postados nas ruas laterais e na parte detrás do prédio. Um deles já ficou conhecido e usa agora uma “cinquentinha” com descarga “alterada” para chamar a atenção. Ponto de referência do tráfico? a própria SSPDS, no quarteirão da Rua Professor Nogueira, entre Gustavo Sampaio e Azevedo Bolão. Chamadas para a Ciops denunciando o fato são constantes e nenhuma providência efetiva é tomada. “Estamos mandando uma viatura”, diz a atendente no telefone. Depois de quase uma hora, a patrulha aparece e não encontra o suspeito, ou não o procura. E assim, a farra da venda de entorpecentes prossegue, numa demonstração clara de impunidade e desmoralização da Segurança Pública.

E TEM MAIS !!!

* Atacados novamente. Os deputados Cabo Sabino e Capitão Wagner reagiram às declarações do presidenciável Ciro Gomes que, segundo ele, seriam “chefes de milícias”. Ciro tem ojeriza à PM e à Polícia Civil do Ceará. Resta saber o motivo disso. Em tempo: foi a PM que salvou o filho do ex-governador quando o rapaz foi baleado por traficantes na Praia de Iracema, em janeiro de 2016.

* Chegou às mãos do delegado-geral da Polícia Civil, Everardo Lima, ordem judicial para reintegrar ao serviço ativo da instituição os delegados que haviam sido afastados da função na investigação sobre corrupção na Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD).

* Terminou nesta sexta-feira (3) o prazo máximo para que o estado, obedecendo a Lei Eleitoral, realizasse a convocação de novos servidores. Assim, dezenas de aprovados no concurso da Polícia Civil, que aguardavam a convocação para o curso de formação, ficarão de fora da instituição.

* Policiais do 20º BPM (Cristo Redentor) e do BPTUR conseguiram, finalmente, apreender dois menores que eram considerados os “matadores” da comunidade Goiabeiras, na Barra do Ceará, sendo responsáveis por vários assassinatos ali. São temidos pelos moradores.

* Policia Militar caça no Vale do Jaguaribe os bandidos que dispararam tiros contra uma equipe de policiais civis de Morada Nova na última segunda-feira (30). Os bandidos estão armados com fuzis e planejam atacar carros-fortes na região. A caçada está sendo feita pelo Comando Tático Rural (Cotar).

E A PERGUNTA DO DIA: Até quando vão durar os ataques criminosos no Ceará???

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar