Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

315 em 19/2/2019  

Manhã de segunda-feira já registrou dois assassinatos e uma "saidinha" bancária em Fortaleza

revólver10

A semana começou de forma violenta em Fortaleza. Somente entre 8 e 11 horas de hoje, a Polícia registrou dois assassinatos e um caso de "saidinha" bancária. Além disso, prossegue uma operação no bairro Pirambu na tentativa de capturar bandidos que trocaram tiros com a PM na noite de domingo. Por pouco, um militar não foi assassinado.

Segundo registros da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), um homem foi fuzilado, no começo da manhã desta segunda-feira (15), no bairro São João do Tauape. A Polícia não revelou a identidade da vítima. Policiais do 8º BPM continuam na área em busca de pistas dos atiradores. E, agora há pouco, ocorreu o segundo assassinato. Foi na esquina das ruas Samaria e João XXIII, no bairro Granja Portugal, no "Território da Paz" (Grande Bom Jardim).

Um homem, identificado como Rafael Santos da Silva, conhecido por "Jacaré", foi executado com vários tiros à queima-roupa. Quando a Polícia chegou no local se deparou com dezenas de pessoas junto ao corpo, mas ninguém quis falar sobre a identidade dos assassinos. Sabe-se, apenas, que eles fugiram de moto.

Logo em seguida, uma "saidinha" bancária aconteceu do outro lado da cidade. Foi em Messejana. Um cliente do Banco do Brasil foi atacado na Avenida Coronel Francisco Pereira logo após sacar a quantia de R$ 3.500,00. Dois homens, armados com revólveres, abordaram a vítima e roubaram o dinheiro, fugindo em uma motocicleta de cor vermelha.

Operação

No bairro Pirambu (zona Oeste),  a Polícia Militar faz buscas para tentar localizar uma gangue que, na noite de domingo (14), atacou uma trinca de policiais militares da Companhia de Motopatrulhas do BPRaio, na Praça do Abel. Um sargento levou um tiro nas costas e só não morreu porque estava usando um colete balístico. A área foi cercada por várias patrulhas, mas os gangueiros desapareceram no "Beco da Merda". Um deles já está identificado, mas foragido. Chama-se Erick.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar