Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

4.617 em 13/12/2018  

Prefeito Roberto Cláudio entrega Célula de Proteção Comunitária no bairro Vila Velha

Moroni - foto

Moroni, Roberto Cláudio e André Costa presidiram a solenidade de inauguração

 

 

Guarda na Vil a

Já na manhã desta quinta-feira, a Guarda Municipal realizou uma blitz educativa na Vila Velha

Guarda na Vilva 2

Objetivo da blitz foi orientar condutores e apresentar os serviços da Célula de segurança

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT;) e o vice-prefeito, Moroni Torgan (DEM), entregaram, nesta quarta-feira (26), à comunidade do bairro Vila Velha (zona Oeste da Capital) a terceira célula de proteção do Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPB). Uma torre blindada será o ponto de referência para as atividades de prevenção à violência que serão realizadas, conjuntamente, pela Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) e a Polícia Militar.

Ao lado da Torre de Proteção Comunitária (TPC), instalada na Avenida F, a poucos metros da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) também está instalado um trailer onde serão ofertados aos moradores serviços comunitários, como cursos profissionalizantes, cursos de empreendedorismo, mediação de conflitos, expedição de documentos e, ainda, orientação e encaminhamento para tratamento de dependentes químicos.

A solenidade contou também com a presença do secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, delegado federal André Costa, que representou o governador Camilo Santana (PT). Roberto Cláudio, Moroni e Costa ressaltaram a parceria Estado-Município que vai proporcionar um trabalho preventivo à violência durante 24 horas, à exemplo do que já ocorre nas comunidades do Jangurussu e Goiabeiras (Barra do Ceará). Nos dois bairros, a instalação das Torres proporcionou uma drástica redução dos índices criminais, especialmente os casos de homicídios e roubos.

Aliado ao trabalho de patrulhamento ostensivo e blitze de forma permanente pela Guarda Municipal e PM nas ruas, durante 24 horas, o monitoramento eletrônico do bairro é feito através de um conjunto de câmeras espalhadas pelas ruas e avenidas, cujas imagens são enviadas em tempo real para a Torre e analisadas pelos agentes.

Arco de segurança

Na solenidade de entrega do equipamento, Roberto Cláudio agradeceu a Moroni e ao secretário André Costa o empenho de ambos para a concretização do programa de prevenção à violência que vai se estender por mais 13 bairros até o fim deste ano.

Até dezembro serão instaladas Células de Proteção Urbana em bairros como Barra do Ceará (Avenida Leste-Oeste), Antônio Bezerra (Avenida Mister Hull), Canindezinho (Avenida General Osório de Paiva), Edson Queiroz (comunidade do Dendê), Tancredo Neves (BR-116), Caça e Pesca (CE-010/Praia do Futuro-Sabiaguaba) e Messejana (próximo à comunidade Por do Sol, na CE-040). Assim, todas as entradas de Fortaleza estarão sob vigilância durante 24 horas, formando um arco de segurança e prevenção à violência.

Trabalhos iniciados

Já na manhã desta quinta-feira (27), em menos de 24 horas da inauguração da Torre de Segurança, a Guarda Municipal de Fortaleza realizou uma blitz educativa nas ruas e avenidas do bairro Vila Velha, prestando serviço de cidadania aos condutores de veículos. As operações de prevenção conjuntas (GMF/PM) também terão início nas próximas horas. O objetivo e a redução da violência na comunidade. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar