Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

4.617 em 13/12/2018  

Após fuga de 15 presos na Cadeia Pública de Tianguá, mas 9 escaparam nesta terça

Cadeia Pública de Tianguá 3

Agentes do Grupo de Apoio Penitenciário fizeram uma varredura nas celas após a fuga

Após uma fuga coletiva de 15 presos no último fim de semana, a Cadeia Pública da cidade de Tianguá, localizada na Serra da Ibiapaba (314Km de Fortaleza), a unidade voltou a ser palco de mais uma evasão. Na tarde de ontem (2), outros nove internos daquela unidade escaparam dali através de um buraco cavado a partir da cela onde estavam recolhidos. A situação na cadeia é de superlotação e insegurança, admitem as autoridades.

Dos 24 presos que escaparam nas duas fugas, apenas três foram recapturados nas diligências realizadas pela Polícia Militar na região da Serra. Outros 21 permanecem sendo caçados e podem já ter saído da região.

Entre os foragidos está detentos que aguardavam julgamento e condenados, que respondem por delitos como tráfico de entorpecentes, assaltos (roubos), furtos, porte ilegal de arma de fogo, homicídios e latrocínios, além crimes de violência doméstica e sexual.

Na tarde de sábado, 15 detentos escaparam dali através de um túnel escavado durante dois dias. O buraco media cerca de 7 metros de comprimento, conforme atestou a direção da cadeia e a equipe da Perícia Forense (Pefoce).

Superlotada

A Cadeia Pública de Tianguá tem capacidade para abrigar até 35 detentos, mas atualmente as celas estão abarrotadas com cerca de 120 presos, inclusive, alguns transferidos de comarcas vizinhas.

As buscas aos foragidos continuam sendo realizadas pelas polícias Civil e Militar. Patrulhas do Policiamento Ostensivo Geral receberam o apoio de equipes do Batalhão de Divisas e do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar