Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

4.290 em 16/11/2018  

Bandidos invadem escola pública na Sabiaguaba e deixam sigla de facção nas paredes das salas de aula

sABIAGUABA 1

As paredes das salas de aula e dos corredores ficaram marcadas com a sigla da GDE

Bandidos pertencentes a uma facção criminosa atacaram, na madrugada desta quarta-feira (17), mais uma escola pública em Fortaleza.  O prédio foi todo pichado com a sigla da quadrilha e o segurança que estava de plantão acabou sendo rendido, desarmado, mantido como refém durante horas e deixado amarrado e só de cuecas.

O “alvo” dos criminosos foi a Escola Municipal Professor Eduardo Pinheiro Campos, localizada na Rua Miriu, no bairro Sabiaguaba, na Grande Messejana, que possui uma creche, além  do 1º ao 9º anos do Ensino fundamental, com cerca de 700 alunos.

Bandidos da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE), invadiram a escola, renderam o segurança e picharam as salas de aula e corredores com as siglas do grupo, colocando também frases com a origem do bando, que seria a comunidade da Baixada, no bairro Edson Queiroz.

Muito medo

Somente no começo da manhã o fato foi descoberto e o vigilante resgatado. A direção da escola não informou se houve roubo de objetos da unidade.

Policiais militares foram acionados para atender à ocorrência, mas até agora, nenhum suspeito foi detido. Os alunos, professores, servidores e os pais das crianças informaram que estão assustados com a onda de violência no bairro e o ataque à escola gerou mais medo.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar