Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

4.584 em 10/12/2018  

Guarda Municipal de Fortaleza passa a usar armas de fogo para a prevenção e combate a violência na Capital

Intermitente piscandoIntermitente piscando Intermitente piscando

SIRENE ABERTA   

Fernando Ribeiro

Guarda Municipal

A GMF foi modernizada e está assumindo importante papel na Segurança Pública da Capital

O projeto de prevenção à violência em Fortaleza, através do Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU), ganha impulso a partir desta sexta-feira (30). É que, finalmente, a Prefeitura de Fortaleza, através da sua Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, obteve da Polícia Federal a autorização para a emissão de portes e armas para os guardas municipais.

Mais de uma centena de guardas estarão recebendo, paulatinamente, a autorização para o porte de armas de fogo. O armamento já foi comprado (pistolas e escopetas) e faltava apenas a PF concluir a parte burocrática para a emissão dos portes. Nesta sexta-feira a primeira turma da Guarda recebe as armas e os respectivos portes.

O Programa Municipal de Proteção Urbana tem garantido a redução da criminalidade onde já foram instaladas as Células de Proteção Comunitária, são as torres blindadas que servem como base para as operações de prevenção e combate à violência. Elas já estão instaladas no Jangurussu, Goiabeiras, Vila Velha, Barra do Ceará e, nesta sexta, será inaugura a quinta, no bairro Caça e Pesca. Em janeiro será a vez do Canindezinho. O coordenador do projeto, vice-prefeito Moroni Bing Torgan (DEM), está entusiasmado com o programa dados os resultados obtidos até agora. A redução de homicídios e roubos tem sido contundente onde as torres foram instaladas.

Depois de Jangurussu, Goiabeiras, Vila Velha, Barra do Ceará e Caça e Pesca, serão instaladas, em 2019, as torres do PMPU nos seguintes bairros: Canindezinho, Antônio Bezerra (Avenida Mister Hull), Messejana (CE-040, próximo à comunidade Por do Sol), Aerolândia, Mondubim, Edson Queiroz e, finalmente, no Centro de Fortaleza. A do Centro terá uma dimensão e projeto especiais com vistas a garantir a segurança numa área onde cerca de 600 mil pessoas passam todos os dias, uma população flutuante que vai trabalhar ou comprar.

E TEM MAIS:

* O governador Camilo Santana (PT) já “bateu o martelo” e quer mesmo em seu segundo mandato resolver a grave questão do sistema penitenciário do Ceará. O primeiro passo será transferir para a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (que deverá ganhar outra denominação) os encargos de administrar o sistema. Portanto, haverá uma fusão da SSPDS com a Secretaria da Justiça (Sejus).

* Reclamações já começam a aparecer. Os veículos alugados pelo estado para servir às polícias Civil e Militar estão começando a quebrar e não são consertados ou repostos como foi anunciado pelo governo. No Interior, várias delegacias estão sem viaturas para a tarefa de investigar crimes.

* Mesmo estando de férias na Europa, Camilo Santana ficou sabendo da guerra de facções que vem acontecendo na cidade de Caucaia. E dela mandou um recado ao secretário da Segurança Pública, André Costa: quer a Polícia combatendo os bandidos. Recado dado, o policiamento foi intensificado.

* A possibilidade real de o novo Presidente da República, Jair Bolsonaro, liberar no país a posse de armas de fogo já começa a aquecer esse setor. Empresas cearenses de venda de armas já estão aumentando seus estoques de revólveres, pistolas e espingardas, além da munição, é claro.

* O que antes era uma raridade, agora se tornou comum em Fortaleza e sua região metropolitana: bandidos estão, cada vez mais, armados com fuzis. São armas de guerra, usadas em guerrilhas também e pelas forças policiais e militares, mas que caíram no gosto da bandidagem local.

* Denúncia grave veio à tona: todos os finais de semana, toneladas de comida destinada aos detentos do Sistema Penitenciário viram comida para porcos. É que a Sejus manda entregar as famosas “quentinhas” nos presídios e os detentos preferem as que são levadas pelas visitas. O prejuízo tem sido grande.

* Delegacias de Polícia na Região Metropolitana estão literalmente abarrotadas de presos e o Sistema Penal informa que não há mais vagas. Com isso, se repete a cena de superlotação nas celas das DPs e os policiais civis passam a atuar como verdadeiros carcereiros, o que gera um desvio de função.

* Na Rua Arakém, na Barra do Ceará, bandidos demonstraram que não estão nem aí para a Segurança Pública. Na noite da última sexta-feira (23) eles quebraram todas as luminárias da rede pública, deixando a rua completamente às escuras. Moradores estão assustados.

* A provável fusão das secretarias da Segurança Pública e da Justiça no Ceará se alia ao discurso do futuro ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, que quer integrar as duas áreas e, desse modo, poder melhor combater o crime organizado. Hoje, o crime é comandado das cadeias.

* Operação realizada há uma semana em Russas, com a desarticulação de uma quadrilha que planejava atacar um carro-forte, demonstrou da importância do trabalho de Inteligência no contexto da Segurança Pública. Com a informação antecipada, a Polícia consegue combater a marginalidade.

* Quarenta e uma mulheres foram assassinadas no mês de novembro no Ceará. No acumulado do ano já são 438. A maioria desses crimes permanece sem autoria definida, isto é, permanecem os seus autores na impunidade. Grande parte das vítimas era jovem. Garotas que acabaram entrando para o crime, através de facções e quadrilhas. Com isso, além dos assassinatos, aumenta também a presença feminina na massa carcerária do estado.

* Moradores dos Municípios de Jaguaruana, Russas e Palhano fazem um apelo às autoridades da Segurança Pública. Pedem que sejam feitas urgentes operações policiais nos três Municípios, pois os roubos de veículo, principalmente motocicletas, têm sido constantes. Bandidos agem sem nenhum temor.

A PERGUNTA DO DIA: Quem vai topar assumir o cargo de secretário da Segurança Pública do Ceará e acumular também o da Secretaria da Justiça???

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar