Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

4.584 em 10/12/2018  

Ceará registrou 344 assassinatos em novembro

Duplo Homicídio no Ano-Novo

A guerra entre facções criminosas tem deixado um rastro de muita violência no estado

O mês de novembro terminou com, nada menos, que 344 pessoas assassinadas no Ceará. Ainda assim, o número representou uma queda em relação a novembro de 2017, quando 470 pessoas foram mortas no estado, conforme estatística apresentada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). A redução foi da ordem de 26,8 por cento. No acumulado do ano, o Ceará já registra nesta terça-feira (4), um total de 4.504 Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs).

O maior número de assassinatos em novembro foi registrado em Fortaleza, com 110 pessoas mortas em 30 dias, numa média de um assassinato à cada oito horas na cidade.

Já na Região Metropolitana de Fortaleza, 81 pessoas foram executadas, sendo 23 delas somente em um único Município: Caucaia, onde uma guerra entre duas facções criminosas tem atormentado a população. Moradores de diversos bairros, como o Conjunto Araturi, o Metropolitano (Picuí), estão vivendo dias difíceis, com tiroteios sendo registrados diariamente, afirmam.

Mais 153 pessoas foram assassinadas foram mortas em novembro, sendo 83 crimes de morte no Interior Norte e outros 70 casos no Interior Sul.

Mulheres

Entre as 344 pessoas mortas em novembro, 41 eram do sexo feminino. A sequência de assassinatos de mulheres parece não ter fim. Além dos casos confirmados de feminicídios, foram também registradas várias execuções sumárias de jovens envolvidas com o tráfico de entorpecentes e com grupos criminosos, como facções e quadrilhas.

Quinze mortes por intervenção policial e dois assassinatos em unidades do Sistema Penitenciário cearense completam as estatísticas do mês.

Seis criminosos envolvidos em crimes como ataques a bancos e assaltos a carros-fortes estão entre as 15 mortes por intervenção policial em novembro. A quadrilha entrou em confronto com as forças de Segurança há duas semanas, em Russas (a 163Km de Fortaleza).

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar