Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.134 em 21/6/2019  

Noite de terror na Grande Fortaleza com atentados de facções criminosas

Atentados 300Atentados 301

Ônibus incendiados e um viaduto explodido com dinamite marcaram a madrugada de violência 

Uma madrugada de terror viveu a Grande Fortaleza neste começo de quinta-feira (3) em consequência de uma série de atentados provocados por facções criminosas cujos comandos estão dentro dos presídios da RMF. A estrutura de um viaduto foi dinamitada na BR-020, em Caucaia; dois ônibus incendiados e um conjunto de fotossessores destruídos. A ação criminosa seria uma resposta do crime organizado à tentativa do governo de disciplinar o caótico Sistema Penitenciário do estado, com a nomeação de um novo secretário de gestão para os presídios,

O ataque mais grave ocorreu por volta de 0h30, quando criminosos de uma facção dinamitaram a estrutura de sustentação do viaduto existente no entroncamento das BRs 020 e 222, a poucos metros do posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Município de Caucaia.

Moradores de comunidades próximas, como o Conjunto Nova Metrópoles, relataram ter ouvido um forte barulho vindo da direção da BR. Logo em seguida, veio a constatação do ataque com características de uma ação terrorista ou de guerrilha urbana. Bandidos de uma facção colocaram artefatos nos pilares do viaduto e provocaram a explosão. A detonação dos explosivos arrancou boa parte de uma dos pilares e de estruturas auxiliares, deixando o local em risco real de desabamento.

Rapidamente a Polícia Rodoviária Federal e patrulhas do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) de Caucaia se dirigiram para o local e, em meio a um cerco com tiroteio, conseguiram deter, ao menos, seis suspeitos de participação no atentado. Por medida de segurança, o viaduto foi fechado para o tráfego durante a madrugada.

Mais atentados

Dois ônibus foram incendiados em Fortaleza. O primeiro, já no fim da noite de quarta-feira (2), na Avenida Cônego de Castro, no bairro Parque Santa Rosa. O segundo já na madrugada de hoje, na Avenida Dionísio Leonel Alencar, no fim da linha do bairro Dendê (Edson Queiroz).

Equipes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar foram acionadas durante o começo da madrugada para atender às duas ocorrências, mas até o começo da manhã, nenhum suspeito havia sido detido.

Já na Avenida Washington Soares, já próximo à Messejana, outro grupo de bandidos encapuzados destruiu um conjunto de fotossensores que fornecem imagens da via. Neste atentado, os próprios bandidos filmaram a ação delituosa e postaram as imagens nas redes sociais.

Represália

Também nas redes sociais os criminosos fizeram publicar uma carta ameaçadora ao governo do estado. Estariam insatisfeitos com as declarações do novo secretário da Gestão Penitenciária, Luís Mauro de Albuquerque, que, em sua primeira entrevista à Imprensa cearense após nomeado para o cargo, afirmou que na sua administração não haverá mais separação de presos por facção nos presídios cearenses.

Albuquerque teria dito que: “Quem manda é o estado. Não reconheço facção. O preso é o preso, não tem diferenciação perante a Lei”.

A Polícia Militar entrou em alerta máximo durante toda a madrugada de hoje, com equipes das forças especiais saindo dos quartéis e indo auxiliar no patrulhamento das companhias e batalhões do Policiamento Ostensivo Geral (POG). A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) ainda não se manifestou sobre os atentados. Uma reunião de emergência está sendo convocada nas próximas horas no Palácio da Abolição pelo próprio governador Camilo Santana (PT).

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

z1
 
 
Jornalista
Fernando Ribeiro
Bem-vindos ao blog, espaço destinado a matérias sempre atualizadas sobre Fortaleza e o Estado do Ceará
 
icon (85) 9 8826.7143

Compartilhe conteúdo

 

12f

 

zz1