Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

315 em 19/2/2019  

Onda de ataques criminosos e trégua entre facções causaram redução de 60 por cento de assassinatos no Ceará em janeiro

Hoje hoje 2

As execuções foram substituídas pelos ataques criminosos nas ruas de Fortaleza e da RMF

Ao menos, 206 pessoas foram assassinadas no Ceará em janeiro de 2019. O balanço parcial inclui os Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs) e as mortes em decorrência de intervenção policial e lesões corporais seguidas de óbito. Entre as vítimas da criminalidade em janeiro estão 15 mulheres. Em comparação a janeiro do ano passado, que registrou 528 assassinatos, a queda dos CVLIs ficou em torno de 60.9 por cento.

A onda de atentados criminosos no Ceará interrompeu a escalada de assassinatos em decorrência de um suposto pacto celebrado entre as duas maiores e mais sangrentas facções criminosas que atuam no estado: Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE).

Sintomaticamente, neste período de 31 dias de atentados e muito vandalismo, o número de homicídios no Ceará caiu vertiginosamente, aumentando entre as autoridades e especialistas da Segurança Pública a desconfiança ou suspeita de que realmente os dois grupos criminosos teriam dado uma trégua em sua guerra para, juntos, produzirem atentados contra o Estado.

Em Fortaleza, 56 pessoas foram assassinadas em janeiro. Na Região Metropolitana foram 57homicídios. No Interior Norte do estado, 48 pessoas foram executadas, enquanto no Interior Sul o índice de CVLIs chegou a 45 casos.

Mulheres

O alto índice de assassinato de mulheres registrado no ano passado – com 479 crimes – se repetiu em janeiro de 2019. Foram 15 mulheres mortas, numa média de um assassinato a cada 48 horas. A maioria dos casos envolveu jovens e adolescentes, vítimas de feminicídio ou de execuções sumárias por conta da guerra entre facções.

Veja a lista das mulheres mortas no Ceará em janeiro/2019:

01 – (02/01) – Gabrielle Monteiro dos Santos Sousa, 18 (bala) – Rua Vila da Prata (EUSÉBIO)

02 – (03/01) – Maria Cesarina Pereira de Oliveira, 49 (bala) - Área Verde/D.Telha-Camará (AQUIRAZ)

03 – (05/01) – Benedita Gardênia Sousa da Silva, 36 (bala) – (SÃO JOÃO DO JAGUARIBE)

04 – (06/01) – Maria Cristiana Silva França, 46 (bala) – R. Francisco Assis/Aldeia Park (PACAJUS)

05 – (08/01) – Gleiciane Silva Guerra, 29 (bala) – R. dos Prados/Novo Croatá (SÃO GONÇALO DO AM.)

06 – (15/01) – Lidiane Gomes da Silva, 22 (bala) – Shopping Center (MARACANAÚ)

07 – (19/01) – Tamires Félix Aquino, 22 (bala) – Rua Capricho/B. Dias Macedo (CAPITAL)

08 – (21/01) – Maria Adriana Martins Soares, 47 (outros meios) – Sede (CRATEÚS)

09 – (22/01) – Maria Lúcia Soares, 50 (bala) – Sede (CHOROZINHO)

10 – (22/01) – Elizângela Isabel Nunes Alves,31 (bala) – Sede (PIQUET CARNEIRO)

11 – (22/01) – Francisca Jaqueline Marques de Sousa (bala) – R. Barra Vermelha/G. Lisboa (CAPITAL)

12 – (25/01) – Maria Márcia da Silva Lima, 31 (faca) – Sítio Tamboatazinho (GUARACIABA DO NORTE)

13 – (30/01) – Aline Cristiane dos Santos Silva, 27 (bala) – Bairro do Dnocs/Sede (MORADA NOVA)

14 – (31/01) – Yanca Vieira Nunes (bala) – Bairro Maravilha/Sede (QUIXERAMOBIM)

15 – (31/01) – Janaína Carneiro da Silva, 32 (bala) – R. Tirol/Jacarecanga (CAPITAL)

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar