Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

474 em 20/3/2019  

Oito pessoas foram assassinadas nas últimas 24 horas no Ceará. No ano, já são 286 homicídios no estado

 

Bandeirantes                    No Jardim Bandeirantes, em Maracanaú, um homem foi fuzilado no meio da rua Bom Jardim morte

Um jovem foi morto com um tiro no peito, no Bom Jardim, na noite de ontem

Subiu para 286 o número de assassinatos no Ceará em 2019. Nas últimas 24 horas, ao menos, oito pessoas morreram de forma violenta no estado. Foram registrados sete assassinatos, além de uma morte suspeita durante uma intervenção policial. Entre as oito vítimas da violência armada, está um rapaz de 22 anos, que acabou atingido por uma bala perdida em meio a um tiroteio na rua.

O crime aconteceu na noite desta quinta-feira (14), na Rua Doutor Fernando Augusto, no Bom Jardim, bairro localizado na Área Integrada de Segurança Dois (AIS), na zona Sul de Fortaleza. O jovem identificado como Vítor Hugo Martins Cruz saiu de casa para ir comprar um churrasquinho em uma rua próxima, quando se viu no meio de um fogo cruzado, quando bandidos trocavam tiros.

Vitor Hugo acabou recebendo um tiro no peito, provavelmente de pistola, e teve morte imediata. Ferido, ele caminhou ainda alguns metros, na direção de sua residência, mas caiu morto junto ao meio-fio. O corpo do rapaz foi encaminhado à Perícia Forense do Ceará (Pefoce). Os autores do crime fugiram sem que fossem identificados.

Mais crimes

Em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), dois assassinatos foram registrados nesta quinta-feira (14). Ainda na manhã, um jovem identificado como Luís Felipe Cavalcante da Silva, 27 anos, foi morto, a tiros, na Rua Mestre Paulo, em Iparana. À noite, outro jovem acabou morto no bairro Padre Romualdo.

No bairro Jardim Bandeirantes, em Maracanaú, também na RMF, um crime de morte foi registrado na noite passada. Um homem identificado como Francisco Anilson dos Santos Amorim tombou morto, a tiros, na calçada da lanchonete de sua família, localizada na Avenida Chanceler Edson Queiroz. Os moradores disseram ter ouvido, ao menos, cinco estampidos e quando saíram de casa se depararam com o corpo de Anilson no asfalto, junto ao meio-fio. A maioria dos tiros se concentrou na cabeça da vítima, conforme atestou a Perícia Forense.

Mortes no Interior

Dois homens foram assassinados dentro de uma residência localizada na Rua São Caetano, no bairro Pedrinhas, na cidade de Juazeiro do Norte, no Cariri (a 528Km de Fortaleza). O duplo homicídio ocorreu por volta de 15h30. Um dos mortos era o ex-presidiário identificado apenas por Paulo Sérgio, que tinha o apelido de “Painho”. Ele estava em liberdade provisória e usava uma tornozeleira eletrônica. Respondia por crimes de assalto (roubos). O outro morto era um adolescente identificado somente por Blaydyan, o “Bleide”, enteado de “Painho”. Ambos foram fuzilados dentro de casa.

Em Crateús (a 345Km de Fortaleza), duas mortes foram registradas nesta quinta-feira. Ainda de madrugada, um idoso de 87 anos, foi assassinado a pauladas dentro de casa, no bairro São Vicente. Tratava-se do aposentado José Ferreira de Souza. Ele foi morto por dos seus filhos, identificado como Antônio Gomes de Souza, 50 anos, que sofre de problemas mentais e tentou suicidar-se após matar o pai. Antônio desferiu um golpe de faca no pescoço, mas foi socorrido e está hospitalizado sob escolta da Polícia Militar. Antônio alega que matou o pai por ordem de “espíritos do mal”.

Também em Crateús, um homem suspeito de traficar drogas naquela cidade morreu após fugir de um cerco policial em sua casa e pular em uma cisterna. Danilo Nunes de Sousa,o “Gordinho”, 22 anos, sentiu-se mal ao tentar se esconder de policiais do BPRaio. Foi levado para o hospital da cidade, onde acabou morrendo. A morte suspeita já está sendo investigada pela Polícia Civil.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar