Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

952 em 23/5/2019  

Corpo de turista albanês morto durante assalto em Caucaia continua na geladeira da Perícia Forense

Albanês morto 2

Alban Gropçaj, 28 anos, foi assassinado a tiros na Praia da Tabuba, em Caucaia 

O corpo do turista albanês morto durante uma tentativa de assalto no Ceará permanece na Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), na sede da Perícia Forense do Estado (Pefoce), em Fortaleza, enquanto são realizados os trâmites burocráticos para o traslado para a Europa. A Polícia ainda não tem pistas concretas sobre os autores do latrocínio (roubo seguido de morte), mas faz diligências neste sentido.

Alban Gropçaj, 28 anos, foi morto a tiros, na noite de segunda-feira última (18), quando se encontrava com um amigo italiano na Praia da Tabuba, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Os dois seguiam em um carro quando foram atacados por dois criminosos e rendidos. Alban teria reagido à tentativa de roubo e baleado, morrendo no local. Equipes do Samu-Caucaia foram acionadas para a ocorrência, mas o turista foi encontrado já sem vida.

O caso está sendo investigado, a princípio, pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que vai contar com o apoio da Delegacia de Proteção ao Turista (DHPP) e o Serviço Reservado (Inteligência) do 12º BPM (Caucaia).

Amigo italiano

Após a realização da perícia no local do crime, o corpo do albanês foi removido para a Comel, onde passou por exame de necropsia na manhã desta terça-feira (19). O amigo italiano que estava com Alban no momento do crime não foi ferido e está ajudando nos contatos das autoridades locais com a família do estrangeiro.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), emitiu uma nota oficial sobre o assunto, na tarde desta terça-feira, informando que imagens colhidas por câmeras de segurança no local do crime poderão ajudar as autoridades na identificação dos bandidos. Ressaltou, ainda, que o policiamento na área onde aconteceu o assassinato é feito por patrulhas dos batalhões de Policiamento Turístico (BPTUR), de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio-Caucaia), além do Policiamento Ostensivo Geral (POG), do 12º BPM.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar