Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.681 em 13/9/2019  

Polícia já prendeu um suspeito de assassinar soldado da PM em Fortaleza nesta quarta-feira

Iphone 14-1 006

 

Soldado Rodrigues foi atingido por dois tiros na cabeça e morreu fardado dentro de casa

Iphone 14-1 019

Nas buscas aos criminosos, a PM encontrou um esconderijo deles com muita munição

A Polícia já identificou alguns suspeitos de envolvimento na morte do soldado da PM Samuel Rodrigues Tabosa, 32 anos, morto a tiros na manhã desta quarta-feira (14) na porta de sua residência, no Conjunto Prefeito José Walter. Pelo menos, um deles já foi detido. As investigações, entretanto, têm prosseguimento através da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O militar foi atacado quando retornava do serviço e teve sua arma roubada pelos criminosos. Uma megaoperação de caça aos suspeitos continua nos bairros Messejana e Barroso.

Segundo a Polícia, um bandido identificado apenas pelo apelido de “Tiziu” teria participação direta no crime. Ele foi detido durante um cerco da Polícia na comunidade “Babilônia”, no Barroso. Outros suspeitos chegaram a ser detidos armados, mas não foi ainda comprovado o envolvimento deles no crime. Uma arma de fogo foi apreendida no cerco que envolveu dezenas de policiais civis e militares, viaturas, motos e um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

Na caça aos criminosos na comunidade “Babilônia”, policiais da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP) e do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) prenderam um traficante do bairro, conhecido por “Buiú”. Na tentativa de fugir do cerco policial, ele invadiu uma residência e fez uma família refém, mas acabou sendo capturado por equipes do Gate. A Polícia encontrou depois uma arma de fogo na casa da mulher dele.

Crime

O soldado Rodrigues, como era conhecido, retornava para casa após mais um plantão no Pelotão da cidade de Maranguape. Ele era destacado no 14º BPM e estava na corporação desde o ano de 2003. No momento em que desceu de seu carro e abria a porta da garagem, foi surpreendido por três bandidos armados. Na tentativa de escapar do assalto, ele se abrigou na sala, onde teria revidado ao ataque, mas foi atingido com dois tiros na cabeça. O PM tombou fardado no local, diante da família e dos vizinhos.

Em seguida, os criminosos fugiram em um veículo Classic branco, que havia sido roubado. Minutos depois, o carro foi encontrado abandonado na Favela da Mana, no Jangurussu, local completamente dominado pelos traficantes de drogas, que usam até crianças como “soldados”. Durante o cerco naquele local, a PM descobriu um barraco dentro de um matagal, onde foram encontradas munições, um colete balístico, resquícios de drogas e material para limpeza e lubrificação de armas de fogo.

O soldado Rodrigues é o primeiro policial assassinado neste ano no Ceará. Em 2013, foram 15 agentes da Segurança Pública mortos violentamente no Estado, a maioria, eliminada por bandidos na hora do assalto.

Veja a lista dos policiais mortos no Ceará em 2015.

01 – Policial militar Fernande Vanucci Bezerra da Silva (soldado PM), morto durante uma tentativa de assalto na Rua Heribaldo Costa, no bairro João XXIII, em Fortaleza, no dia 9 de janeiro.

02 – Delegado Lucas Craveiro Alves, cearense, integrante da Polícia Civil do Piauí. Foi morto ao troca r tiros com assaltantes na saída de uma pizzaria, na Avenida Washington Soares, bairro Água Fria, na madrugada do dia 17 de março.

03 – Policial militar José Edson Andrade, executado a tiros ao reagir a um assalto na Rua Araré, no bairro Parque Potira, Município de Caucaia, no dia 14 de março.

04 – Ex-policial militar Paulo Sérgio Chagas de Oliveira, executado com vários tiros na Avenida Doutor Stênio Gomes, no bairro Vila Peri, na noite de 23 de abril. Suspeita de vingança.

05 – Policial militar Paulo Henrique de Farias, assassinado ao tentar impedir que bandidos assaltassem um estabelecimento comercial de sua irmã localizado na Avenida I, do Conjunto Ceará. Crime ocorreu na manhã do dia 20 de maio.

06 – Policial militar Carlos Wanderley Vicente Barbosa, assassinado ao reagir a um assalto. Caso ocorreu na noite de 21 de junho, no Conjunto São Cristóvão. Bandidos roubaram a arma (pistola) e a motocicleta do militar.

07 – Subtenente PM Francisco Alcemiro da Silva, ex-comandante da Guarda Municipal do Eusébio. Foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte) dentro de seu estabelecimento comercial, um mercadinho localizado no bairro Olho d’Água, no Município do Eusébio. Depois do crime, os bandidos fugiram com a arma do PM e seu cartão bancário, chegando a fazer saques em caixas eletrônicos, em Messejana. Fato ocorreu no dia 27 de junho.

08 – Policial militar Francisco Fabiano Gomes Feitosa, também morto ao reagir contra assaltantes, no bairro Vila Peri, por volta das 0h15 do dia 3 de julho.

09 – Policial militar Francisco Cleyton de Oliveira Granja, reagiu a um assalto e foi assassinado, a tiros, por criminosos, na Rua Bom Jesus, no Barroso, Capital, no dia 12 de julho.

10 – Sargento PM Francier Rodrigues Lopes, assassinado na manhã do dia 4 de novembro ao reagir contra bandidos que tentaram assaltar uma farmácia, no Centro da cidade do Crato.

11 – Soldado PM André Ribeiro de Carvalho, lotado no Ronda do Quarteirão. Assassinado com um tiro na nunca durante uma ocorrência de desordem em um clube de forró na localidade de Sítio Lameirão, no Município de Mulungu, na noite de 9 de novembro.

12 – Capitão da Reserva da PM, Joaquim Soares Leite, 64, foi assassinado ao reagir contra dois assaltantes na cidade de Quixadá no dia 12 de novembro. Um bandido morreu na mesma ocorrência.

13 – Soldado PM Henrique Serra Azul Júnior, assassinado por bandidos ao reagir a um assalto na Favela do Sossego, no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza, na noite de 15 de novembro. Na ocasião, um dos assaltantes foi baleado e morto pelo militar.

14 – Soldado PM José Ivan Gonçalves Moreira, 40, destacado no 2º BPM, morto a tiros pela esposa, Maria Janaína Nonato dos Santos Moreira, que, em seguida, praticou o suicídio. Caso passional ocorrido em Juazeiro do Norte na madrugada de 26 de novembro.

15 - Sargento Francisco Inácio dos Santos, da Reserva Remunerada, morto ao ser atingido com um tiro no rosto. O fato ocorreu por volta das 22 horas na BR-116, altura do quilômetro 450, entre os Municípios de Barro e Milagres. Na ocasião, o PM guiava seu automóvel, um Gol vermelho, quando foi alvejado. Ferido, ele perdeu o controle da direção e o carro capotou em uma ribanceira. Crime ocorreu no dia 7 de dezembro.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar