Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

2.219 em 5/12/2019  

Mãe da estudante assassinada por "Zé de Valério" faz apelo ao secretário da Segurança para que prenda o criminoso

Joelma mãe 1

Dona Joelma fez um apelo dramático para que as autoridades prendam o assassino de sua filha 

Joelma 2

Daniele ao lado da mãe dias antes do crime. A jovem foi morta a tiros após ser estuprada

Joelma 6

Daniele ao lado do seu algoz, o vaqueiro "Zé de Valério". Ele trabalhou 3 anos na casa da vítima

Joelma 8

Polícia divulgou o retrato-falado do assassino. O bandido continua foragido desde abril 

Após quase 70 dias da morte brutal da filha, a dona de casa Joelma Oliveira, mãe da universitária Daniele, fez um apelo ao secretário da Segurança Pública do Ceará, delegado federal André Costa, para que prenda o autor do crime, o vaqueiro José Pereira da Costa, o “Zé de Valério”. Foragido do Ceará, o criminoso está escondido nos sertões do Piauí.

“Peço ajuda ao secretário que mande prender esse homem. Que se coloque no nosso lugar. Que coloque esse mostro na cadeia, que é o seu lugar. Para que outras mães e outras famílias não venham a sofrer o tanto que nós estamos sofrendo. É uma dor muito grande. É muita saudade. A falta dela está acabando com a nossa família”, desabafou.

O vaqueiro assassino foi visto pela última vez no fim de semana passado na localidade de Serra do Saco Fundo, na região do Município de Buriti dos Montes, área onde a Polícia do Piauí faz uma caçada humana já há duas semanas. Em um dos cercos na região, “Zé de Valário” teria trocado tiros com guardas municipais de Tauá (CE) e, mesmo em desvantagem numérica e com pouca munição, conseguiu fugir mais uma vez.

A fuga de “Zé de Valério” começou na noite de 24 de abril último, após ele raptar, estuprar e matar a tiros a estudante Daniele. O crime ocorreu na localidade de São Gonçalo, na zona rural de Pedra Branca (CE). Na fuga, ele passou por cinco municípios cearenses até chegar ao Piauí.

Psicopata

A delegada de Pedra Branca, Anarda Lima, revela que o vaqueiro “Todo mundo comenta que ele tem um perfil muito simples. Extremamente trabalhador. Outra coisa que chamou a atenção da Polícia é que todo mundo falou que ele é extremamente detalhista e calculista, de pouca conversa, o que o aproxima de um perfil psicopata”.

O vaqueiro tem histórico criminal. No dia 19 de abril de 2013, ele assassinou no Município de Tauá, nos Inhamus, a comerciante Maria Solange Cesário, 39 anos. O crime aconteceu na Fazenda Barracão de Zinco, na zona rural. Solto, voltou a matar.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar