Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.325 em 23/7/2019  

Secretário tenta diminuir impacto do fracasso nas buscas a "Zé de Valério" e dá versão inverídica sobre a prisão

Mentira 1 Mentira 2

"Zé de Valério" driblou a Polícia durante 78 dias e causou irritação ao secretário André Costa

Elias

AgricultorJoão Elias, o homem responsável pela captura do vaqueiro "Zé de Valério"

Na tentativa de aplacar o insucesso das operações realizadas pela Polícia cearense na caça aos criminoso “Zé de Valério”, o atual secretário da Segurança Pública e Defesa Social, delegado federal André Costa, mentiu para a Imprensa local afirmando que a prisão do foragido foi feita pela Polícia, quando, na verdade dos fatos, a captura do vaqueiro foi feita por um único homem, um agricultor do Distrito de Jatobá Medonho, um lugarejo da zona rural do Município de Buriti dos Montes, no Sertão do Piauí.

A versão do secretário, durante uma entrevista coletiva na tarde de ontem, repercutiu negativamente nas redes sociais e na própria mídia. Desgastado no cargo desde o ano passado, diante da guerra das facções criminosas que elevou a patamares estratosféricos a violência no Ceará, Costa só não perdeu o cargo graças à chegada do novo secretário da Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque, que realinhou a disciplina nos presídios e conseguiu por fim à onda de ataques criminosos que varreu o Ceará no começo de 2019.

Por quase três meses, fracassaram as buscas realizadas pela Polícia cearense ao vaqueiro “Zé de Valério”, que na noite de 24 de abril raptou, estuprou e matou a estudante universitária Daniele Oliveira Silva, 20 anos, em Pedra Branca (a 275Km de Fortaleza).

Irritação

Fontes da própria SSPDS revelaram que, por diversas vezes, André Costa mostrou irritação com o fracasso das buscas ao vaqueiro nos sertões do Ceará e ficou ainda mais chateado quando a Imprensa começou a revelar que o bandido havia conseguido driblar a Polícia do Ceará e entrou em território do vizinho estado do Piauí.

Ontem, em entrevista à Imprensa, o secretário montou uma versão segundo a qual a prisão do bandido teria sido fruto de um trabalho de Inteligência. Na verdade, um homem sozinho, armado com uma faca, deteve o criminoso após dar-lhe um sonífero misturado em um prato de comida.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, os pais da estudante morta, que haviam oferecido uma recompensa para quem desse informação do paradeiro de “Zé de Valério, fizeram um emocionado agradecimento ao agricultor que deteve o matador nos sertões piauienses.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar