Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.880 em 18/10/2019  

Mais dois bandidos morrem em troca de tiros com a Polícia. No ano, já são 92 mortos no Ceará

Aerolândia

Após o confronto com o traficante, a PM reforçou a segurança nas ruas do bairro Lagamar 

Dois suspeitos de envolvimento com crimes foram mortos em troca de tiros com a Polícia Militar nas últimas 48 horas. Os casos aconteceram em Fortaleza e no Interior. Neste ano, já foram registradas 92 mortes por intervenção policial no Ceará. Em 2018, as autoridades registraram 221 casos, conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Em 2017, foram 161, o que representou uma elevação de 37,2 por cento entre um ano e outro.

Na tarde desta segunda-feira, um suspeito – ainda não identificado – trocou tiros com policiais militares no bairro São João do Tauape, na Capital. DE acordo com as autoridades, policiais militares faziam uma operação de desarmamento naquela região da cidade quando, de repente, o suspeito apareceu em um veículo fazendo disparos de arma de fogo em direção aos PMs, que revidaram. O suspeito seria um traficante de drogas da região e estaria incomodado com a presença ostensiva da Polícia na região.

O suspeito baleado chegou a ser socorrido para o Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro) pela própria PM, mas não resistiu. À noite, o corpo dele foi encaminhado para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), na sede da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Diante do fato, a Polícia reforçou a segurança nos bairros Lagamar, São João do Tauape e Aerolândia para evitar represálias de bandidos, como incêndio em coletivos. Nenhum incidente foi registrado nas últimas horas.

Outros casos

Na tarde de domingo último (11), um suspeito de tráfico de drogas e de ter participado do roubo de armas no Fórum da cidade de Lavras da Mangabeira, morreu numa troca de tiros com policiais do Comando de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), na cidade de Umari (a 437Km de Fortaleza), na divisa do Ceará com o estado da Paraíba.

O morto foi identificado como Emerson Rodrigues da Silva, 23 anos, conhecido por “Gordo”. De acordo com o relato da PM, ele estava escondido na residência de uma mulher, na periferia da cidade de Umari, e ao avistar os militares sacou de um revólver, sendo baleado.

“Gordo” chegou a ser socorrido ainda vivo para o Hospital de Umari, mas morreu logo depois. O corpo dele foi encaminhado ao Núcleo da Pefoce de Iguatu. Um revólver de calibre 38 com balas deflagradas, e celulares foram encontrados com o bandido.

Na última quinta-feira (8), outro bandido morreu numa troca de tiros com policiais militares no Município de Mombaça (a 293Km de Fortaleza).

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar