Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.681 em 13/9/2019  

Violência armada deixa cinco pessoas mortas na Grande Fortaleza nas últimas 24 horas

Siqueira crime 2

BAIRRO SIQUEIRA: um agiota foi assassinado quando trafegava em sua motocicleta 

José Walter crime

BAIRRO JOSÉ WALTER: ex-presidiário usando tornozeleira eletrônica (detalhe) morto a tiro

Pabussu crime

CAUCAIA/GENIPABU:  um homem que se passava por policial foi executado na mesa de um bar

Leblon morte

CAUCAIA/PARQUE LEBLON: um jovem conhecido por Rafaelzinho foi executado a tiros 

Conjunto Ceará morte

CONJUNTO CEARÁ: cabeleireiro foi morto, a tiros, dentro do seu salão de beleza 

Cinco pessoas foram assassinadas na Grande Fortaleza nas últimas 24 horas. Os crimes ocorreram na Capital e em Caucaia. Todas as vítimas foram mortas com disparos de armas de fogo e, até o momento, nenhum suspeito foi preso. Todos os casos estão sendo apurados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) com o auxílio das delegacias das áreas onde ocorreram os crime.

O primeiro crime desta quarta-feira (28), foi registrado no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), onde o corpo de um homem foi encontrado com marcas de tiros, ainda na manhã de ontem. O fato ocorreu no bairro Parque Leblon, comunidade atingida pela violência da “guerra” de facções criminosas e pelo intenso tráfico de drogas. A vítima não foi oficialmente identificada.

O segundo assassinato do dia aconteceu, à tarde, no bairro José Walter, em Fortaleza, onde outro jovem foi executado a tiros. O crime aconteceu nas proximidades da Escola Onélia Porto. O rapaz, que era filho de um borracheiro conhecido no bairro, havia saído recentemente da cadeia. Usava uma tornozeleira eletrônica. Foi executado com tiros na cabeça.

Mais crimes

Por volta das 20 horas, ocorreu o terceiro crime de morte. O fato aconteceu na Rua Irineu Machado, no bairro Siqueira. Um homem que trafegava em uma motocicleta, foi perseguido e morto com vários tiros na cabeça, sendo identificado como Auricélio Barreto da Cruz, 35. Informações colhidas pela Polícia dão conta de que a vítima era dona de vários imóveis no bairro e atuava no crime de agiotagem.

No bairro Genipabu, em Caucaia, um falso policial foi morto em um bar. Tratava-se de José Batista Pereira Alves. Com passagens pela Polícia, Batista gostava de se identificar como policial e ao ser morto tinha nos bolsos uma carteira falsa com a inscrição de perito. Os criminosos fugiram do local numa motocicleta.

O quinto homicídio ocorreu também em Fortaleza, na noite de ontem, quando um homem encapuzado invadiu um salão de beleza localizado na Avenida H do Conjunto Ceará, e matou com vários tiros o cabeleireiro Inácio Rocha de Araújo Júnior, 42 anos.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar