Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

Pandemia da bala: guerra de facções registra novos confrontos em Fortaleza e na Região Metropolitana nas últimas 24 horas

Maranguape

A PM cercou a área do Pau Serrado, em Maranguape, por conta do tiroteio entre bandidos 

Duas comunidades da Grande Fortaleza registraram tiroteios intensos entre facções criminosas nesta segunda-feira (25). Os ataques armados com tiros de armas de fogo de grosso calibre, como submetralhadoras e fuzis, aconteceram no Conjunto Palmeiras, na Capital; e no Município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Também nos condomínios residências da Cidade Jardim, no bairro José Walter, moradores relataram a presença novamente de bandidos armados ameaçando os condôminos.

No fim da tarde de ontem, os confrontos entre facções assustaram os moradores do Conjunto Palmeiras, no Grande Jangurussu, na zona Sul de Fortaleza. De longe era possível ouvir as rajadas de tiros naquela comunidade onde, historicamente, as facções duelam há muito tempo, produzindo dezenas de mortes todos os anos.

Diversas comunidades do Grande Jangurussu, e em especial, o Conjunto Palmeiras, são palco de constantes disputas por território entre as facções. Neste ano, o número de mortos naquele bairro já é de 25.

Mais bala

Também nesta segunda-feira, a Polícia Militar foi chamada ao Município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (a 27Km da Capital) para conter um confronto armado entre bandidos de facções criminosas na comunidade de Pau Serrado. Informações extra-oficiais dão conta de que o conflito armado teria deixado, pelo menos, cinco pessoas mortas e outras feridas. A PM não confirmou a informação, mas realiza buscas no local.

Ainda durante a noite, as equipes da PM receberam o apoio de uma aeronave (helicóptero) da Coordenadoria Integrada de Operações Aérea (Ciopaer) para auxiliar na caça aos criminosos. A tripulação usou o farol de buscas para iluminar um matagal por onde os atiradores teriam seguido em fuga após o ataque. No entanto, as buscas seguiram durante a madrugada, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar