Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

"Operação Tolerância Zero" da Guarda Municipal de Fortaleza chega ao Morro de Santiago para sufocar facções criminosas

ACOMPANHE O PATRULHAMENTO AÉREO FEITO PELOS DRONES DA GUARDA NO MORRO DE SÃO TIAGO:

Agentes da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) entram hoje (26) no terceiro dia da “Operação Tolerância Zero” que está sendo realizada na Barra do Ceará, zona Oeste de Fortaleza. As equipes de patrulhamento e moto-patrulhamento continuam as incursões nas ruas, becos e vielas da comunidade Goiabeiras e novas apreensões de veículos irregulares e armas de fogo estão acontecendo. A operação agora alcança também o Morro de Santiago, local de confrontos entre facções criminosas.

Na manhã de hoje, equipes de reportagem de TVs locais acompanharam a operação desencadeada pelo Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU) através da Secretaria de Segurança Cidadão de Fortaleza (Sesec).

Desde último domingo (24), as ações de prevenção e combate ao crime foram intensificadas naquela área da cidade em decorrência do pedido da população, após um morador do bairro ter sido morto na porta de casa. Em quase 72 horas de operação, a Guarda Municipal, com o apoio da Polícia Militar, apreendeu várias armas de fogo, veículos irregulares (a maioria motocicletas) e capturou foragidos da Justiça, suspeitos que tinham mandados de prisão decretada pela Justiça, como envolvidos em tráfico de drogas e roubo.

A base da operação “Tolerância Zero” é a área onde está instalada a Torre de Vigilância do PMPU, ao lado da Areninha das Goiabeiras, onde é feito o monitoramento de todo o perímetro através de câmeras funcionando on-line durante 24 horas. Além das viaturas e motocicletas, os guardas municipais estão utilizando drones no patrulhamento da área.

Morro vigiado

Por determinação expressa do coordenador do PMPU, vice-prefeito de Fortaleza Moroni Bing Torgan, a operação se estende ao Morro de Santiago, área crítica onde criminosos armados de facções costumam se esconder após a prática de assassinatos ou confrontos com a Polícia ou com bandidos de grupos criminosos rivais. Há duas semanas, um homem apontado como chefe da facção Guardiões do Estado (GDE) foi morto nas Goiabeiras pelos bandidos do Comando Vermelho (CV), que reocuparam o morro e iniciaram uma série de confrontos, com tiroteios e mortes.

A ordem de Moroni é para a Guarda Municipal, do efetivo do PMPU ocupar o alto do morro e as vias de acesso nas Goiabeiras para impedir a progressão dos criminosos, novos crimes e novos confrontos armados. Para isso, os guardas municipais usam armamento pesado e contam com o apoio da PM. Além das equipes a pé e motorizadas do Comando de Policiamento Comunitário (Copcom), também estão atuando no local, patrulhas do Grupo de Operações Especiais (GOE), da Guarda Municipal de Fortaleza.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar