Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

708 em 18/4/2019  

Passou de 100 o número de mulheres assassinadas no Ceará neste ano. Três foram mortas nas últimas 12 horas

Iphone 7.5.2015 154Iphone 7.5.2015 159

Elisângela e Roberta foram executadas a tiros, dentro de um bar, em Tabuleiro do Norte

Subiu para 102 o número de mulheres assassinadas no Ceará somente neste ano. Em menos de 12 horas, mais três assassinatos ocorreram no Ceará, sendo um caso de duplo homicídio no Interior do Estado e um de latrocínio (roubo seguido de morte) em Fortaleza, nesta quinta-feira (7). Nos dois casos, as três mulheres foram executadas a tiros.

O duplo homicídio ocorreu por volta de 20 horas de ontem, dentro de um bar, na periferia da cidade de Tabuleiro do Norte, na região do Vale do Jaguaribe (a 209Km de Fortaleza), quando Elisângela Maurício Cardoso, 29 anos; e sua amiga Francisca Roberta da Silva, 19, foram atingidas por vários tiros de pistola de calibre Ponto 40 (.40), arma de uso privativo dos organismos de Segurança Pública.

O crime ainda está sob mistério, mas aponta para mais um caso ligado ao tráfico de drogas, segundo as autoridades. As duas mulheres estavam se divertindo dentro do”Bar do Nilson”, localizado no bairro Bom Futuro, próximo a uma cooperativa, quando os assassinos apareceram. Eram dois homens que estavam em uma motocicleta.

O garupeiro desceu da moto, invadiu o bar e passou a atirar nas duas mulheres, de forma a impedir que elas fugissem. Uma delas, Elisângela Maurício Cardoso, foi atingida oito vezes, e morreu na hora. A outra, ainda chegou a ser levada ao hospital público de Tabuleiro do Norte. Depois de passar pelos procedimentos de emergência, Roberta foi colocada em uma ambulância para ser trazida para Fortaleza. Mas, no caminho, ela faleceu.

Segundo as primeiras informações da Polícia, uma das mulheres era companheira de um traficante de drogas que, há alguns meses, também foi assassinado na mesma cidade.

Latrocínio

A terceira mulher assassinada no Ceará foi a jovem Sabrina Mendes da Silva, 24 anos. Segundo a Polícia, na manhã de hoje, Sabrina estava acompanhada da filha, de apenas 7 anos de idade, quando foi atacada por dois assaltantes. O crime ocorreu na Rua Baixa dos Milagres, no bairro Quinino Cunha, na zona Oeste da Capital.

Os dois assaltantes exigiram que Sabrina entregasse sua bicicleta. Ela se recusou e acabou sendo baleada e morta na presença da filha, sendo atingia com tiros na cabeça e pescoço. Em seguida, os ladrões fugiram com a bicicleta, mas a abandonaram a um quarteirão do local do crime. Até agora, a Polícia não identificou os assassinos.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar