Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2017

4.561

Atualizado em 22/11/2017  

Presos suspeitos de incendiar viatura da Polícia Civil após acidente que deixou dois mortos no Interior

Iphone 12.5.2015A 047Iphone 12.5.2015A 020

Os dois acusados de incendiar a viatura foram transferidos para a Delegacia Regional de Russas

Viatura incendiada 11.5.2015 037

Em pouco tempo, a viatura da Delegacia de São João do Jaguaribe foi destruída pelas chamas

Permanecem presos na Delegacia Regional de Polícia Civil da cidade de Russas (a 160Km de Fortaleza) dois jovens acusados de terem participado do incêndio criminoso que destruiu uma viatura modelo Hilux pertencente à Delegacia de Polícia de São João do Jaguaribe.

O veículo foi destruído após envolver-se em um acidente na estrada que liga as cidades de Morada Nova e Ibicuitinga, na tarde de segunda-feira (11). Em consequência do acidente, duas pessoas morreram.

Os dois jovens presos foram identificados por José Jadson Sousa Lima, 19 anos; e e Antônio Joelinton de Sousa Silva, 22, vulgo "Ferrugem". Os dois foram detidos em flagrante logo após a chegada de reforços policiais no local do desastre. A Polícia, porém, acredita que outras pessoas tenham participado da destruição do veículo oficial e tenta identificá-las e prendê-las.

No desastre, ocorrido por volta de 16h30 de ontem, a viatura da delegacia de São João do Jaguaribe supostamente trafegava em alta velocidade e acabou colhendo uma motocicleta ocupada por dois moradores de Ibicuitinga. Um deles, identificado como Marcos Antônio da Silva, 45 anos, morreu no local da colisão. O segundo, João Pereira Peixoto, 66 anos, foi socorrido ao hospital de Morada Nova, mas não resistiu.

Inquérito

Revoltados com o acidente, os moradores do local tentaram agredir os dois policiais que estavam no carro. Para se proteger de agressões e de um possível linchamento, eles se refugiaram no matagal até a chegada de reforços. Ambos foram retirados do local com ferimentos leves decorrentes do acidente.

Em, nota oficial sobre o fato, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), nesta Capital, informou apenas que será instaurado um inquérito policial para apurar o caso.

Há informações contraditórias sobre o que os policiais faziam no momento da colisão. A primeira revela que eles estavam perseguindo bandidos em fuga. A outra, que estariam transferindo um preso de Morada Nova para Ibicuitinga.

Os dois rapazes presos pela destruição da viatura deverão responder pelos crimes de incêndio criminoso e dano qualificado, já que o bem destruído era patrimônio público.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar