Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

4.274 em 14/11/2018  

Crime filmado: PM prende na favela bandidos que fizeram "arrastão" na Via Expressa

 

 

 

Assaltantes Via Expressa 007Assaltantes Via Expressa 009Assaltantes Via Expressa 010Assaltantes Via Expressa 017  

Uma operação conjunta realizada por equipes do 8º BPM (Meireles) e da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP), da Polícia Militar, na madrugada desta terça-feira (26), resultou na prisão de uma quadrilha composta por quatro homens, apontados como responsáveis  diretos e indiretos pelo último “arrastão” ocorrido na semana passada na Via Expressa. O  crime  foi filmado.

A investigação sobre o caso vinha sendo feita de forma sigilosa pelos militares, sob o comando do capitão PM Hideraldo Belline, comandante da 1ª Companhia do 8º BPM, e pelos agentes da CIP. Depois de analisar as imagens do “arrastão” ocorrido no começo da tarde da última quarta-feira (20), os policiais iniciaram um trabalho de “campana” (observação à distância e sigilosa) e infiltração na Favela do Trilho, onde os criminosos moram. NO entanto, após o "arrastão" e sua repercussão na mídia, os bandidos fugiram para outro local.

Mas, na madrugada de hoje, finalmente, com a certeza de que os assaltantes já tinham retornado para aquela comunidade, os militares montaram o cerco e quatro dos bandidos acabaram presos.

Capturados

Foram identificados como Maurício Ferreira Mendes, 19 anos, que já responde pelo crime de tráfico de drogas; Antônio marcos do Nascimento, 18, processado por roubos; Francisco Genilson Soares, 18, que até então era primário; e, finalmente, um homem que se identificou apenas por Carlos Augusto, 31 anos, processado por receptação.

Segundo a Polícia, os dois primeiros suspeitos participaram diretamente da ação criminosa. Armados, eles atacaram veículos que haviam parado no cruzamento da Via Expressa com a Avenida Alberto Sá, no bairro do Papicu (zona Leste da Capital).

Um dos veículos cercados pelos bandidos é uma caminhonete L-200, prata, que naquele momento era guiada pela esposa de um oficial do Corpo de Bombeiros  Militar (CBM). Nas imagens feitas pelo morador de um edifício próximo,  os bandidos são vistos abordando a guiadora. Eles tomam a bolsa dela e fogem à pé, levando o telefone celular, dinheiro, documentos e outros pertences. Em seguida, se refugiam em uma viela da favela.

Os quatro suspeitos foram encaminhados pela PM para a Delegacia de Roubos e Furtos. 

A Polícia continua em diligências pois já sabe que mais dois bandidos residentes na mesma favela participaram do "arrastão". NO entanto, eles estão foragidos. "Será uma questão de tempo chegarmos aos outros que ainda estão foragidos", informou o capitão Belline. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar