Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

1.092 em 1/04/2020

Pistolagem: ex-vereador de Russas é assassinado ao lado da esposa nesta sexta-feira

Aureliano 3

Aureliano Ribeiro foi atingido com vários tiros na cabeça

aureliano e Camilo

Aureliano apoiou Camilo Santana e pretendia concorrer novamente à Prefeitura em 2016

pistolagem 014pistolagem 015

Dezenas de curiosos foram ao local do crime. O carro da vítima apresentava marcas de tiros

pistolagem 3

A cena do crime foi isolada pela Polícia Militar. O político e empresário morreu na porta de casa

Um crime com características de pistolagem vitimou um político e empresário no Interior cearense na manhã desta sexta-feira (3). O  caso ocorreu na cidade de Russas, no Vale do Jaguaribe (a 160Km de Fortaleza).

O ex-vereador e candidato a prefeito em eleições anteriores, Aureliano Ribeiro da Silva, 44 anos de idade, também empresário e ceramista, foi atingido a tiros na porta de casa.  Ele estava dentro do carro, uma caminhonete Hilux, preta, com a esposa, quando foi baleado na cabeça.O caso ocorreu por volta de 7h20 na Rua  Francisco de Oliveira, bairro Catumbela, quando a vítima saía de casa para tratar de negócios particulares.  O repórter de uma emissora de rádio daquela cidade estava próximo do local realizando uma entrevista ao vivo quando ouviu os disparos. Os estampidos ficaram gravados e, naquele momento, surgiu a informação de um possível assalto.

Gravemente ferido, o político foi socorrido por populares e levados ao Hospital de Russas, onde não resistiu. A mulher dele não sofreu ferimentos, mas entrou em choque ao ver o esposo sendo assassinado. Os criminosos teriam fugido do local em uma motocicleta.

Apesar de boatos iniciais sobre um suposto assalto, a Polícia trabalha com a hipótese de uma execução sumária.   Neste momento, a Polícia Militar realiza uma operação em toda a cidade de Russas e nas estradas de acesso ao Município, na tentativa de buscar pistas.

Político

Aureliano Ribeiro foi candidato a prefeito de Russas nas eleições de 2013, pelo PMDB, sendo apoiado por uma coligação denominada “juntos com o povo, para Russas crescer mais”. Obteve nas urnas 18.623 votos, representando 44,58 por cento dos votos válidos, mas não se elegeu.

No ano passado, ele oficializou sua saída do PMDB, alegando “falta de espaço” dentro do partido. E acabou se engajando na campanha do candidato a governador Camilo Santana (PT), com a promessa dos irmãos Cid e Ciro Gomes de apoiá-lo em uma nova tentativa de chegar à Prefeitura de Russas nas eleições de 2016.

A Polícia não tem ainda como informar se o crime teve conotação política. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar