Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

2.045 em 16/11/2019  

Pesquisa aponta que cinco mil pessoas morrem por ano nas rodovias federais brasileiras

Colisão frontal 2

As colisões frontais são as principais causas de mortes nas rodovias federais do Brasil 

Cerca de cinco mil pessoas morrem por ano nas rodovias federais que cortam o Brasil. A informação faz parte de uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (19), pela Confederação nacional do Transporte (CNT). A média é de 14 mortes por dia. Em 2018, foram registrados, nada menos, que 69.206 acidentes em tais vias, resultando em 5.269 óbitos.

Polícia prende dupla que assassinou travesti. Vítima foi espancada até a morte dentro de casa

Maracanaú presos

Os dois jovens foram presos por policiais do Núcleo de Homicídios da Delegacia de Maracanaú 

Dois jovens apontados como envolvidos na morte de um travesti foram presos nesta quinta-feira (19) após uma investigação realizada por policiais do Núcleo de Homicídios da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O crime ocorreu no mês passado, quando a dupla, de acordo com a Polícia, matou a vítima através de espancamento dentro de uma residência.

Ceará já tem mais de cinco mil presos nas ruas usando tornozeleiras eletrônicas

Tornozelado

Muitos presos acabam saindo da prisão e passam a usar tornozeleiras através de medida cautelar

O Ceará conta hoje com uma verdadeira legião de presidiários circulando livremente pelas ruas das cidades, após terem passado pelo Sistema Penitenciário. São cerca de 5 mil homens e mulheres, jovens adultos e até adolescentes que estão usando tornozeleiras eletrônicas, de acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (Seap). A maioria foi condenada pela Justiça, cumpriu boa parte da pena atrás das grades e, atualmente, está no regime semiaberto.

Polícia Civil faz megaoperação em Sobral contra facção criminosa envolvida em tráfico de drogas e assassinatos

Sobral operação hoje

Até por volta de 7 horas, nove pessoas já haviam sido capturadas pelos policiais civis 

Cerca de 100 policiais civis participam de uma megaoperação desencadeada no começo da manhã desta quinta-feira (19), na cidade de Sobral, na Região Norte do estado (a 224Km de Fortaleza). A Polícia cumpre mandados de prisão contra membros de uma facção criminosa envolvida em diversos delitos como tráfico de entorpecentes, assassinatos, roubos e receptação. A ação movimentou a cidade desde as primeiras horas desta manhã.

Presa quadrilha que praticou chacina com três mortos em Maranguape no fim de semana

Amanari 5

Armas, munições, dinheiro e celulares foram apreendidos com os assassinos 

Cinco pessoas – quatro adultos e um adolescente – estão detidos por suspeita de envolvimento na chacina ocorrida na noite do último domingo (15), no Município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Três pessoas foram mortas a tiros dentro de uma residência no Distrito de Amanari. Uma ação conjunta de várias unidades da Polícia Civil prendeu os suspeitos e apreendeu também armas, drogas e dinheiro.

Sinpol e Assembleia farão homenagem aos 211 anos de fundação da Polícia Civil do Ceará

Tony Brito 50

Deputado estadual Tony Brito é também o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará 

Uma sessão especial da Assembleia Legislativa do Estado, que será realizada nesta quinta-feira (19), vai comemorar os 211 anos de criação da Polícia Civil do Ceará. Membros do presente e do passado da instituição estarão representados por escrivães, inspetores e delegados que serão homenageados durante a solenidade. O Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpol) está à frente do evento.

Presídios e penitenciárias do Ceará estão com superlotação de 12,4 mil presos além da sua capacidade

Cadeia lotadíssima

A superlotação é fruto da desativação de várias cadeias públicas no interior do estado

O Ceará tem hoje em seus 15 principais presídios e penitenciárias uma massa carcerária de 12.4 mil presos além da sua capacidade real de acomodação. A superlotação é motivo de extrema preocupação das autoridades e um risco permanente de fugas, rebeliões e massacres como os já registrados em outros estados brasileiros.

Pedreiro que matinha a ex-esposa como refém é morto por atirador de elite do Bope em Aquiraz

Refém 1

Neto gostava de praticar esportes e foi morto quando ameaça com uma faca matar a ex-esposa

Um homem de 38 anos de idade, pedreiro, que nas horas de folga cuidava da família e ainda praticava esportes, foi morto pela Polícia Militar após fazer a ex-esposa de refém durante cerca de três horas. O caso ocorreu na tarde desta terça-feira (17), na localidade de Tapera, no Município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Após uma tensa negociação, atirador de elite (snipper) do Batalhão de Operações Especiais (Bope) recebeu a ordem para atirar.

Guerra das facções deixa mais três mortos na Grande Fortaleza nas últimas 24 horas

Guaribas 1

Homem foi mortocom vários tiros de pistola, na manhã de hoje, no bairro Guaribas, Eusébio 

A matança produzida pela guerra das facções Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE), na Grande Fortaleza, deixou mais três vítimas nas últimas 24 horas. Além, de um duplo homicídio ocorrido no começo da madrugada de hoje, em Maracanaú, no fim da manhã outra execução sumária aconteceu na cidade do Eusébio.

Bilhete encontrado na boca de um preso revelou o plano de fuga de bandidos de uma facção no presídio em Aquiraz

CDP

A fuga iria acontecer nas próximas horas no Centro de Detenção Provisória (CDP), em Aquiraz

Um bilhete encontrado ontem (16), na boca de um detento – algemado – , levou as autoridades do Sistema Penitenciário do Ceará a descobrirem a tempo um audacioso plano de fuga coletiva de presos ligados a uma facção criminosa. O grupo seria resgatado do Centro de Detenção Provisória (CDP), uma das unidades do Complexo Penitenciário da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), localizada na BR-116, em Aquiraz.

Ceará apresenta grave quadro na saúde mental de seus agentes da Segurança Pública, com mil licenças médicas/ano

PM doente 3

O estresse do dia a dia no combate à violência deixa os agentes com transtornos psicológicos 

A saúde mental dos agentes da Segurança Pública do Ceará é preocupante. A falta de atendimento e acompanhamento psiquiátrico e psicológico dos policiais que atuam diariamente com a violência das ruas tem levado a situações nefastas, desde o afastamento do serviço ao quadro de depressão e deste para o suicídio. Somente neste ano, entre os meses de janeiro e agosto, nada menos que 840 PMs precisaram entrar em Licença Para Tratamento de Saúde (LTS) por apresentarem transtornos psíquicos.

Chacina em Maranguape dá sequência à guerra travada entre as facções GDE e Comando Vermelho no Ceará

 Amanari 3 Amanari 6 Amanari 5

As três vítimas foram todas executadas com tiros de pistola na cabeça

Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Delegacia Metropolitana de Maranguape (DMM), do Serviço de Inteligência do 14º BPM e do Comando do Policiamento Metropolitano (CPM), realizam buscas na região do Distrito de Amanari, em Maranguape, na região Metropolitana de Fortaleza (RMF), com o objetivo de identificar a quadrilha que praticou uma chacina com três mortos naquele Município. O crime ocorreu na noite de domingo (15) e a motivação seria a “guerra” das facções.

Polícia vai investigar quem organizou o baile funk que terminou na morte de garoto no Mirante do Vicente Pinzón

Brega Funk1 Juan 4

O evento que terminou na morte de Juan será também investigado pelas autoridades

Juan 1 

Momento em que o garoto baleado é socorrido pelos colegas no Mirante do Vicente Pinzón

A morte do adolescente Juan Ferreira dos Santos, 14 anos, atingido com um tiro na cabeça disparado por um policial militar, na noite da última sexta-feira (13), começa a ser investigada pelas autoridades da Segurança Pública do Estado do Ceará. O caso ocorreu quando PMs foram chamados para uma ocorrência de som alto no Mirante do Morro de Santa Terezinha, no bairro Vicente Pinzón (Zona Leste da Capital). A Polícia quer identificar os responsáveis pelo evento e saber se eles tinham autorização para realizarem a festa em praça pública.

Violência no fim de semana deixa 23 mortos em acidentes de trânsito e assassinatos

Caucaia 4

Em Caucaia, um jovem foi assassinado no Conjunto Marechal Rondon, no Distrito da Jurema 

Caucaia morte 2

No Cojunto Araturi, também em Caucaia, um homem foi morto na porta de um residencial 

Ao menos, 23 pessoas morreram no fim de semana em conseqüência de assassinatos e acidentes de trânsito no Ceará. O balanço ainda é parcial, mas revela que17 pessoas foram vítimas de homicídios e latrocínios, os Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs) e outras seis morreram em desastres, a maioria, das estradas.

Guerra das facções GDE e Comando Vermelho deixa sete mortos na Grande Fortaleza no fim de semana

Lucas 2

Em Jurema, Caucaia, um homem foi fuzilado quando ia comprar o leite para a filha de 2 anos

São Gonçalo - Casal

Em São Gonçalo do Amarante, um casal foi fuzilado na cama, sem chances de defesa

Maracanaú morto

No Conjunto Jereissati I, em Maracanaú, um jovem foi fuzilado na calçada de uma pizzaria

Maranguape chacina

Em Amanari, Maranguape, uma chacina deixou três mortos na noite de domingo 

A “guerra” travada nas ruas da Grande Fortaleza, envolvendo as facções criminosas Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE) deixou, ao menos, sete mortos no fim de semana. Em um dos casos, uma chacina terminou com três pessoas mortas dentro de uma residência em Maranguape. Em São Gonçalo do Amarante, um casal foi fuzilado quando dormia. Em Caucaia, um homem foi executado ao sair de casa para ir comprar leite para a filha de 2 anos. E em Maracanaú, um jovem foi fuzilado na calçada de uma pizzaria.

Desviar o foco? Controladoria pede que MP investigue "milícia" que faz ameaças a seus agentes

CGD 1000

Câmeras flagraram o momento em que o PM é baleado nas costas por agentes da CGD

Após a operação desastrosa que terminou com um policial militar atingido com um tiro nas costas, a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário (CGD), recorre, agora, ao Ministério Público Estadual (MPE) para que este investigue supostas ameaças aos seus agentes por uma “milícia”.