Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

4.293 em 17/11/2018  

Mais duas mulheres são assassinadas na Grande Fortaleza

Mulher sábado 11 Mulher sábado 10

Mulher morta a tiros em Maranguape                          Jovem assassinada em Caucaia 

Subiu para 354 o número de mulheres assassinadas no Ceará em 2018, sendo 28 somente neste mês. Nas últimas 24 horas, mais dois crimes de morte do gênero foram registrados na Grande Fortaleza. Em ambos os casos, as vítimas foram executadas sumariamente com diversos tiros disparados à queima-roupa. Nenhum suspeito foi detido. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa já investiga os crimes junto com as delegacias distritais e metropolitanas dos locais onde os assassinatos aconteceram.

Ministério Público investiga "maquiagem" nas estatísticas oficiais de assassinatos no Ceará

Intermitente piscandoIntermitente piscando Intermitente piscando

SIRENE ABERTA   

Fernando Ribeiro

André Costa 3

Em coletivas de Imprensa todos os meses, o o secretário André Costa diz que os índices de assassinatos estão caindo no Ceará. O Mapa da Violência mostra números bem acima dos oficiais

O Ministério Público Estadual (MPE) decidiu agir, e o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, delegado federal André Costa, é alvo de uma investigação do MP. Promotores querem saber a razão da Pasta “maquiar” os números da criminalidade no estado. André e seus assessores terão que se explicar, do contrário, pode haver punição através de processo por improbidade administrativa. NO ano passado, segundo o Mapa da Violência no Brasil, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 5.332 pessoas foram assassinadas no Ceará, mas a SSPDS informou que foram 1.134. O MP quer saber onde foram parar 198 defuntos!

MAQUIAR É A ORDEM?

A polêmica em torno da “maquiagem” dos números da violência apresentados pela SSPDS não é de hoje. Governos costumam apresentar para a população números bem aquém da realidade, como forma de não elevar a sensação de insegurança reinante em cada estado. No entanto, essa estratégia está perto de acabar com a criação do Ministério da Justiça e da Segurança Pública. O Governo Federal vai uniformizar a metodologia nacional de contagem dos dados da criminalidade, especialmente os homicídios. Assim, cada estado terá que seguir o padrão imposto para não perder verbas federais no setor. No Ceará, crimes de morte ocorridos dentro do Sistema Penitenciário e aqueles decorrentes de intervenção policial não são inseridos na estatística apresentada à Imprensa todos os meses e que viram manchetes nos jornais locais. A ordem é excluir o máximo possível para declarar que a violência está caindo através da redução dos Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs). Isso se intensifica em períodos de eleição, como a atual.

SETEMBRO AMARELO

Mês de setembro está indo embora, mas o Ministério da Saúde intensifica a campanha pela prevenção ao suicídio, tema que ainda hoje é tabu e evitado pela Imprensa. Segundo dados revelados pelo órgão nesta quinta-feira (20), no Brasil, o suicídio é quarta causa de morte de jovens. No ano passado, 11 mil pessoas ceifaram a própria vida no país, um suicídio a cada 46 minutos, segundo os cálculos do MS. As principais causas de tanta gente se matar são: desemprego, violência doméstica e violência de gênero, além da depressão. As doenças mentais estão diretamente relacionadas com este tipo de fenômeno. Por conta de tudo isso, o governo federal decidiu investir pesado na prevenção. Desde 1º de julho tornaram-se gratuitas as ligações para as Centrais de Valorização da Vida (CVV). Somente no ano passado foram atendidas 2,5 milhões de ligações. Outra medida do governo foi credenciar 109 Centros de Tratamento, em 20 estados. É o Setembro Amarelo, que busca reduzir esses tristes números.

O RETRATO DO DHPP

Um documento que “vazou” para alguns setores da Imprensa, nas últimas horas, revela a quanto anda a investigação de crimes no Ceará e a precariedade do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), principal órgão da Polícia Judiciária cearense destinado a apurar assassinatos. O documento foi encaminhado por uma delegada ao Ministério Público Estadual (MPE) e descreve as más condições de trabalho dos agentes da DHPP. Num dos trechos, a delegada que assina o oficio diz que “esta delegacia possui uma estrutura física precária, tendo em vista que divide o cartório da 4ª DH (Delegacia de Homicídios) com a 1ª DH, bem como, a ausência de equipamentos e de efetivo inviabiliza o andamento rápido de inquéritos policiais. Conta, atualmente, com apenas uma escrivã de Polícia para ajudar nos trabalhos policiais e cartorários, o que é por demais insuficiente, pois até mesmo nos procedimentos novos não está sendo possível acompanhá-los com a devida atenção, o que traz uma preocupação constante...” Precisa comentar???

TRAGÉDIA DO TRÂNSITO

Mais de 50 pessoas morreram em acidentes de trânsito nas três primeiras semanas de setembro no Ceará, a maioria absoluta nas estradas. Somente no “feriadão” do 7 de Setembro (Independência), foram 16. A imprudência e a negligência se somam à imperícia e o resulta desses três fatores são números trágicos nas estatísticas dos órgãos do setor. Se no Ceará a situação preocupa, no Brasil a coisa é alarmante. Somente entre janeiro a abril, nada menos, que 530 mil motoristas tiveram suas Carteiras de Habilitação (CNH) suspensas em todo o País. No ano passado, foram mais de um milhão de documentos retidos pelos Detrans estaduais. Também em 2017, 45 mil pessoas morreram em acidentes de trânsito e outras 300 sofreram lesões consideradas graves. As infrações mais recorrentes e que causam tantas mortes e seqüelas são as relacionadas ao excesso de velocidade, ultrapassagem indevida e o uso de bebida alcoólica pelos condutores. Outro grande fator é a morte de motociclistas pelo não uso do capacete. Além da tristeza pelas mortes, os acidentes causam graves prejuízos financeiros ao Sistema Único de Saúde (SUS).

A VIOLÊNCIA DE CADA DIA

Um motorista de aplicativo morto durante uma briga de trânsito, um paciente fuzilado dentro do hospital público enquanto aguardava atendimento médico, mãe e filha mortas a facadas dentro de casa, homem assassinado a facadas em um culto evangélico, um jovem fuzilado após participar do velório do amigo. Todas estas cenas de violência aconteceram em apenas uma semana no Ceará. O cotidiano da criminalidade no Ceará é este. O dia a dia da violência já não sensibiliza mais as autoridades. Serve apenas para alimentar a pauta dos programas policiais. Nesta sexta-feira (21) o Homicidômetro (contador de homicídios) já registra mais de 3.600 casos neste ano. Faltando ainda três meses para 2018 terminar, não é impossível que os números finais da violência superem os de 2018. A guerra diária travada nos becos e ruas da periferia da Capital e da Região Metropolitana de Fortaleza multiplica as estatísticas criminais. Os confrontos entre membros de facções seguem firmes turbinando os índices dos CVLIs (Crimes Violentos, Letais e Intencionais) em todo o estado.

E TEM MAIS!!!

* Projeto Oficial de Polícia Judiciária (OPJ), que visa a unificação dos cargos de inspetores e escrivães da Polícia Civil, reduziu o número de homicídios em Aracati e aumento em cerca de 150 por cento o número de mandados de prisão cumpridos entre julho e agosto em comparação a 2017.

* O Oficial de Polícia Judiciária (OPJ) é um projeto criado pelo Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpol) para dar mais efetividade à atividade policial. Atualmente, segundo a entidade, apenas dois por cento de Boletins de Ocorrência (B.O.) registrados geram a instauração de inquérito.

* Repercutiu negativamente na Imprensa nacional a tal história do “Pernoite do Amor”, uma autorização que a Secretaria da Justiça do Ceará decidiu dar aos milhares de presos confinados em 13 presídios do estado para que as suas mulheres passem a noite de sábado para domingo com eles.

* São “cabeludas” as descobertas que a Polícia já fez investigando a morte do presidente da Câmara dos Vereadores da cidade de Horizonte, José Roberto de Oliveira Martins. As vertentes para a elucidação do assassinato vão desde agiotagem a “acerto de contas” do tráfico e outras coisas mais.

* E a cidade de Sobral está “pegando fogo”. Nesta sexta-feira, dois homens foram assassinados no intervalo de apenas uma hora, logo no começo da manhã. Entre os mortos estava um dos “Irmãos Coragem”, família temida no Município pó r envolvimento em muitos crimes e com a política.

* Diante de tanta bagunça e de crimes, como roubo de veículos, assaltos, brigas de bar, som em alto volume etc, a guarda da sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) aumentou. O efetivo de policiais a pé e em viaturas foi reforçado.

E A PERGUNTA DO DIA: De quem partiu mesmo a idéia de promover o “Pernoite do Amor” nos presídios cearenses???

Dois homens são assassinados na cidade de Sobral no intervalo de apenas uma hora nesta sexta-feira

Coragem 1

Antônio Batista Ferreira, 49, o "Antônio Coragem", foi morto com vários tiros à queima-roupa 

No intervalo de apenas uma hora, dois homens foram assassinados na cidade de Sobral (a 224Km de Fortaleza) na manhã desta sexta-feira (21). Um deles seria membro da família dos “Irmãos Coragem”, bandidos temidos na cidade por envolvimento em diversos crimes e com ligações na política local. A Polícia já investiga os dois casos e busca informações para saber se os crimes têm ligação.

Preso é arrastado de cela e espancado até a morte na Cadeia Pública de Tianguá

Tianguá preso morto 444

Alesxandro, 34, ainda foi levado para o hospital, mas não resistiu. Ele respondia por crimes de furto

Subiu para 41 o número de detentos mortos no Sistema Penitenciário do Ceará em 2018. O caso mais recente ocorreu na manhã desta quinta-feira (20), quando um preso recolhido na Cadeia Pública de Tianguá, Município localizado na Região da Serra da Ibiapaba (a 314Km de Fortaleza), foi espancado até a morte por outros presidiários.

Polícia investiga crime de pistolagem urbana: dono de loja foi executado a tiros

Delano 77

Delano Alencar Vieira, 31 anos, foi morto com vários tiros dentro de sua loja 

VEJA IMAGENS DA AÇÃO CRIMINOSA:

Um crime de morte com características de pistolagem foi registrado pela Polícia, no começo da noite desta quarta-feira (19), em Fortaleza. Um comerciante, dono de uma loja de som automotivo, foi morto dentro do seu ponto comercial, no bairro Jóquei Clube. Câmeras de uma residência próxima gravaram as cenas da chegada e fuga dos executores. As imagens poderão ajudar a Polícia desvendar o caso, identificado os pistoleiros.

Cinco mulheres assassinadas no Ceará nas últimas 24 horas. No ano, já são 352

Bonsucesso

Na noite de ontem, uma jovem foi fuzilada dentro de um carro, no bairro Bonsucesso

Iguatu mulheres mortas

Na madrugada de hoje, Patrícia e Genaci (filha e a mãe) foram mortas em Iguatu

Subiu para 352 o número de mulheres assassinadas no Ceará em 2018. Somente nas últimas 24 horas, cinco mulheres foram vítimas de homicídios e feminicídios, sendo três casos em Fortaleza e um duplo na cidade de Iguatu, na Região Centro-Sul do estado (a 414Km da Capital). Ali, mãe e filha foram executadas a golpes de faca na madrugada desta quinta-feira (20). Em Fortaleza, três mulheres foram mortas no intervalo de 15 apenas minutos, nos bairros Jóquei Clube, Antônio Bezerra e Quintino Cunha.

Briga de trânsito termina em motorista morto a tiros por motoqueiro em Fortaleza

Fashion foto

O motorista que se envolveu no acidente acabou morto a tiros na direção do seu automóvel

VEJA VÍDEO DO LOCAL DO CRIME:

 

Um motorista – ainda não identificado - foi assassinado a tiros, na manhã desta quarta-feira (19), durante uma suposta briga de trânsito, em Fortaleza. O crime ocorreu na Avenida Philomeno Gomes, no bairro Jacarecanga, em frente ao Centro Fashion. Ocupantes de uma motocicleta dispararam tiros contra o guiador de um automóvel após uma colisão entre os dois veículos.

Continuam desaparecidos corpos de irmãos sequestrados e assassinados em Ocara

Ocara - irmãos

Os irmãos Felipe e "Micael" foram sequestrados na localidade de Curupira, em Ocara, e assassinados

Um completo mistério envolve o desaparecimento e morte de dois irmãos na cidade de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza/RMF (a 49Km da Capital). Após a circulação nas redes sociais de fotos e vídeos das vítimas sendo torturadas e mortas, a família não conseguiu até agora localizar os corpos. Os dois rapazes sumiram na manhã de sábado (15) quando saíram de casa, no bairro Croatá. “A família sabe que eles não estão mais vivos, mas quer, ao menos, enterrá-los”, disse uma tia dos jovens desaparecidos.

Após massacre na Cadeia de Cascavel, Secretaria da Justiça transfere os 80 presos

TRansferência 4

Os presos de Cascavel foram levados para as CPPLs de Itaitinga e Penitenciária de Pacatuba

Transferência 3

Os detentos foram separados em grupos e encaminhados para outras unidades penais 

Transferência 1

Um forte aparato de segurança foi montado para evitar fugas e resgates durante a transferência

Cerca de 80 presos que se encontravam em seis celas da Cadeia Pública da cidade de Cascavel, na Região Metropolitana de Fortaleza/RMF (a 53Km de Fortaleza), foram transferidos , nesta segunda-feira (17) para presídios e Casas de privação Provisória da Liberdade (as CPPLs). A remoção coletiva foi determinada pela Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus) e ocorreu 48 horas após a unidade registrar a morte de três detentos durante uma briga entre membros de facções criminosas rivais.

Clima tenso com ameaça de chacina na Babilônia após mãe de traficante ser fuzilada

Babilônia mãe 2

A mulher foi executada a tiros na manhã de segunda-feira. Bandidos buscavam matar o filho dela 

Clima voltou a ficar tenso numa das comunidades ocupadas pela Polícia Militar e que é reduto de facções em Fortaleza. O condomínio Novo Barroso, conhecido como “Babilônia”, situado no bairro Passaré, foi palco de mais violência nesta segunda-feira (17). A mãe de um homem apontado como traficante de drogas foi executada a tiros na porta de casa. A ameaça de retaliação já é motivo de medo entre os moradores, diante da possibilidade de uma chacina nas próximas horas.

Preso suspeito de comandar quadrilha que arrombava veículos na zona nobre de Fortaleza

Babaca

Sebastião, 59 anos, foi preso na Praia de Iracema, com vários objetos furtados nos veículos 

Babaca 2

Vasta material produto de furtos foi apreendido pelos inspetores do 2º DP (Aldeota)

Um homem de 59 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (17), em Fortaleza, por policiais civis lotados no 2º DP (Aldeota). É acusado de chefiar uma quadrilha especializada no arrombamento de veículos e furtos de objetos como computadores, joias e outros bens de valor deixados dentro dos carros. O alvo do bando eram automóveis deixados em estacionamentos de supermercados da zona nobre da Capital cearense.

Violência no fim de semana deixou 49 mortos no Ceará em acidentes e assassinatos

Assassinatos fs

Dezesseis pessoas foram assassinadas no interior do estado, além de 19 na Grande Fortaleza

Quarenta e nove pessoas morreram neste fim de semana no Ceará. A violência deixou 35 pessoas assassinadas e outras 14 mortas em acidentes de trânsito, a maioria no interior e envolvendo ocupantes de motocicletas. Dos 35 casos de assassinatos, sete ocorreram em Fortaleza, 12 na Região Metropolitana, além de mais 16 casos no interior, sendo 10 na região Sul e seis na região Norte.

Irmãos são sequestrados em Pacajus e encontrados mortos decapitados na zona rural de Ocara

oCARA 500

Uma imagem postada nas redes sociais mostra os dois irmaõs amarrados e já feridos pelas torturas

Dois irmãos foram encontrados mortos, na tarde deste domingo (16), horas após terem sido seqüestrados por bandidos dentro de casa, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Os corpos dos rapazes estavam decapitados, amarrados por cordas e com sinais de tortura. O duplo homicídio foi registrado na zona rural do Município de Ocara (a 101Km da Capital).

Clima ainda é tenso na Cadeia de Cascavel após briga entre detentos das facções GDE e CV que terminou em três mortes

ATENÇÃO IMAGENS FORTES, IMAGENS FORTES

Cascavel 40 Cascavel 50

Os corpos dos detents foram encontrados mutilados dentro da cela banhada em sangue 

A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) já identificou e liberou para sepultamento, neste domingo (16), os corpos dos três detentos mortos na Cadeia Pública de Cascavel, na Região Metropolitana de Fortaleza (a 55Km da Capital). O crime ocorreu em meio a uma briga entre presos das facções Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE). O clima na cadeia continua tenso e hoje deverão ocorrer transferências.

Expansão do Raio no interior é trufo de Camilo para a reeleição

Intermitente piscandoIntermitente piscando Intermitente piscando

SIRENE ABERTA   

Fernando Ribeiro

Raio 2000

A cidade de Boa Viagem (a 217Km de Fortaleza) recebe nesta sexta-feira (14), uma base do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio). A população agradece, já que os níveis de violência ali são altos, a exemplo do que ocorre em muitos outros Municípios de pequeno e médio portes do interior cearense. São cidades que passaram a serem escolhidas como alvo de constantes ataques de quadrilhas especializadas em roubo a bancos e outras instituições financeiras. Em apenas três semanas, três Municípios foram sitiados por quadrilhas: Deputado Irapuan Pinheiro, Guaraciaba do Norte e Farias Brito. Os bandos armados, que agem no estilo “Novo Cangaço” desafiam as autoridades da Segurança Pública e causam enormes prejuízos à população, além do terror.

NÚMEROS NÃO BATEM

A expansão do BPRaio no interior cearense foi promessa do governador Camilo Santana (PT) e vem sendo concretizada desde 2016. Começou por Sobral e Juazeiro do Norte e hoje está presente em mais de 20 cidades cearenses (27). Este é um dos poucos trunfos que Santana tem para alardear em sua campanha de reeleição ao Palácio da Abolição. No mais, o quadro da Segurança Pública continua um caos, com altíssimos índices de violência armada. Mais de 3.500 pessoas foram assassinadas no estado entre janeiro e o começo de setembro. Portanto, o Ceará caminha célere para chegar até o fim de 2018 com números tão desastrosos quanto aos de 2017. No ano passado foram assassinadas 5.322 pessoas no território cearense, mas o governo apregoa que foram 5.134, como se isso representasse uma grande diferença. O Fórum Brasileiro de Segurança Pública confirma: 1.332, pois nesta contagem estão os casos de homicídios em presídios e cadeias, além das mortes por intervenção policial. Já o governo, exclui de suas estatísticas tais óbitos.

DROGAS AO FORNO

A Polícia Federal realizou, nesta quinta-feira (13) a incineração de centenas de quilos de drogas apreendidas no Ceará desde o começo do ano. Os números são expressivos. Viraram pó em um forno de uma cerâmica, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), nada menos, que: 263 quilos de maconha, 325 quilos de cocaína, além de 48.777 comprimidos de ecstasy. No entanto, a ação da PF no tocante ao combate ao tráfico de drogas no Ceará ainda é tímida, devido ao seu baixo efetivo e ao acúmulo de trabalho. Mas, os “federais” se esforçam e têm realizado, constantemente, prisões de traficantes e “mulas” no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Contudo, muita droga entra no Ceará através de suas divisas e pelo litoral. Canoa Quebrada (em Aracati) e Jericoacoara são verdadeiros corredores da droga no estado. Nas duas cidades deveriam existir núcleos especializados de combate às drogas, seja da PF ou da Polícia Civil. Aí está uma dica para as propostas dos candidatos ao governo.

A MORTE DO PASTOR

O assassinato de um pastor evangélico em Fortaleza teve ampla repercussão na mídia local. O religioso foi atacado e morto, a tiros, por ladrões na noite da última segunda-feira (10), no Conjunto Ceará, na zona Sul da Capital. O crime de latrocínio já está sob investigação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e um dos suspeitos, um adolescente, já foi apreendido e confessou ter participado do delito. No entanto, o que chamou a atenção da sociedade foi a forma como o cidadão acabou sendo morto. O pastor Wanderley Paulo não reagiu. Obedeceu às ordens dos assaltantes e entregou as chaves de sua caminhoneta. Ainda assim, foi baleado pelas costas e morreu na hora. Câmeras de segurança filmaram as cenas do crime e as imagens mostram o nível de ousadia e o alto grau de perversidade de bandidos nas ruas de Fortaleza. A sensação de insegurança da população é enorme, apesar do reforço que a Capital recebeu de policiamento.

SEGURANÇA NO PLEITO

O Comando da Polícia Militar entregou ao tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TER-CE) o plano operacional para a segurança das eleições no estado. Cerca de 15 mil homens serão mobilizados para garantir a presença dos eleitores nas urnas sem nenhum problema de segurança. De acordo com o plano, em cada um dos Municípios cearenses haverá, pelo menos, um oficial para comandar a tropa extra bem como o efetivo local. Os PMs estarão à disposição dos juízes e promotores eleitorais bem antes do dia da votação, que acontecerá em 7 de outubro (domingo). O reforço chegará nas cidades do Interior no dia 3 e está orientado a fazer operações preventivas como blitz de desarmamento. Nas vésperas do Pleito, a atenção será redobrada para evitar os chamados “crimes eleitorais” como compra de voto, transporte irregular de eleitores e propaganda eleitoral ilegal, além de distribuição de material sem a devida autorização do TRE ou do juiz de cada região. Já no dia da votação, a ordem é impedir a “boca de urna”.

SEGURANÇA NO PLEITO 2

Mesmo com o reforço da Segurança Pública Estadual, com mais 15 mil homens na Capital, por exemplo, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, atendeu ao pedido do TRE local e determinou a utilização de forças federais para um trabalho conjunto com a PM nas eleições 2018. Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Sobral e Juazeiro do Norte vão contar com a presença de tropas do Exército Brasileiro (EB) no dia da votação. Os militares, porém, não entrarão nas secções eleitorais. À exemplo dos policiais, ficarão à distância (a pelo menos, 100 metros) das secções, fazendo o patrulhamento da rua. No entanto, podem ser acionados pelo juiz eleitoral, pelo Ministério Público (promotor) quando houver necessidade de controlar algum tipo de distúrbio. Prisões somente em situação de flagrante e os presos serão conduzidos à Polícia Federal (em Fortaleza e RMF) ou à presença do juiz eleitoral (no interior).

SEJUS FERE A CIDADANIA

Uma atitude que não tem justificativa, além de fere frontalmente a cidadania e o direito, vem sendo tomada pelo governo do estado do Ceará através da sua Secretaria da Justiça (e da Cidadania), a Sejus. Presos estão sendo transferidos de unidades do sistema penitenciário sem que suas famílias sejam comunicadas. Nos fins de semana o caos toma de conta do sistema, quando ocorrem as visitas. Mães, pais, irmãos, filhos, esposas e companheiras não encontram seus parentes presos. E a situação chega ao extremo quando presos são feridos ou mortos nas cadeias ou presídios. A Sejus não comunica o caso aos familiares. Assim ocorreu no fim de semana passado, quando dois detentos de Casas de Privação Provisória da Liberdade (CPPLs) foram mortos em unidades prisionais do Complexo Penitenciário de Itaitinga. As famílias não foram comunicadas dos óbitos e os corpos só foram encontrados quando chegaram na sede da Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

E TEM MAIS!!!

* Subiu para 15 o número de agentes da Segurança Pública assassinados, neste ano, no Ceará. Entre os dias 1º de janeiro e 12 de setembro, 10 policiais militares (PM), três guardas municipais e dois agentes penitenciários acabaram mortos por bandidos em todo o estado.

* Também aumentou o número de mulheres mortas no Ceará. De janeiro a agosto foram mortas 326 vítimas. Nestes primeiros 13 dias de setembro, mais 16, o que totaliza 342 vítimas. A maioria é formada por jovens com idades entre 16 e 24 anos, as chamadas “novinhas”.

* Governo estado e Prefeitura de Fortaleza inaugura, ainda neste Mês, três Torres de Proteção Urbana, à exemplo das que já funcionam nos bairros Jangurussu e Goiabeiras. Estão sendo erguidas as torres da Barra do Ceará (em frente ao Cuca), Vila Velha (em frente à UPA) e no Caça e Pesca, na nova rodovia que liga Fortaleza a Aquiraz.

* Completo mistério: um delegado da Polícia Federal deu entrada no IJF-Centro baleado no pescoço. Já faz meses do fato e, até agora, não veio a público um esclarecimento sobre o caso. Afinal, quem disparou um tiro contra o delegado Gilmar Cruz de Abreu?

* Vinte e sete das 42 bases do BPRaio previstas para serem instaladas no Ceará já foram entregues pelo governo para funcionamento. Nesta sexta-feira (14) será inaugurada a da cidade de Boa Viagem, mesmo em plena época de campanha eleitoral. Pode ??? Com a palavra o TRE.

 

Avião faz pouso forçado na cidade de Boa Viagem após pane em pleno ar

Avião boa viagem foto

A aeronave pousou "de bico" e teve várias avarias, inclusive uma das asas foi quebrada 

Foto avião

Segundo o piloto, houve uma pane mecânica durante o voo Fortaleza-Tauá

Um avião monomotor ficou parcialmente destruído ao realizar um pouso forçado, na manhã desta sexta-feira (14), na cidade de Boa Viagem (a 217Km de Fortaleza). Segundo piloto, a aeronave sofreu uma pane de motor ainda no ar e foi necessária a aterrissagem de emergência. Ninguém ficou ferido.